Conferências

“Um banco é uma plataforma tecnológica com serviços financeiros”, refere diretora de sistemas do Montepio

Sara Candeias apela a que as decisões de negócio venham dos dados “mais do que de uma intuição, experiência ou análise da concorrência, porque a intuição e experiência podem falhar, mas os dados não”.

“As empresas mais data-driven conseguiram suportar melhor a pandemia”, diz Microsoft Portugal

O diretor executivo de Canal e Parceiros da Microsoft Portugal, Abel Aguiar, considera que empresas viradas para os dados são capazes “de identificar, capturar, analisar diferentes tipos de dados para extrair insights e usá-los para crescer, inovar, aumentar a sua velocidade na ida ao mercado”.

Liderança empresarial através dos dados vai estar em debate (com áudio)

Conferência promovida pela Microsoft Portugal vai procurar saber o que define as ‘data driven companies’ e quais os desafios que as empresas têm de enfrentar para se adaptarem e serem competitivas.

Parcerias entre banca e ‘fintech’ “fazem todo o sentido”

Especialistas do sector financeiro e tecnológico têm as atenções viradas para o digital. As opiniões divergem quanto à entrada dos bancos centrais no campeonato das criptomoedas, mas defende-se uma relação estreita com a banca.

PremiumLiteracia, talento e cliente são principais desafios

“Corremos o risco de ter um sector que está a envelhecer muito rapidamente”, disse Pedro Rego, CEO da F. Rego, referindo-se ao desafio da captação e retenção de talento.
CEO das seguradoras Fidelidade, Tranquilidade, Ageas e Liberty

PremiumSeguradoras estão preparadas para impacto da crise

As companhias de seguros são as maiores gestoras de ativos do mundo, por isso os líderes da Fidelidade, Ageas, Tranquilidade e Liberty Europa estão mais preocupados com a forma como os investimentos serão feitos com o PRR do que com o impacto da crise nas companhias.
Ver mais artigos