Especial Angola

Angola vai aos mercados buscar até 3 mil milhões de dólares

Numa nota enviada aos clientes, e a que a Lusa teve acesso, o gabinete de estudos do Banco Fomento Angola diz que a equipa do Ministério das Finanças reuniu-se com vários investidores na semana passada em Nova Iorque, numa operação que será apoiada pelo Deutsche Bank, ICBC e Standard Chartered.

Criminalidade e delinquência são o maior risco de segurança para empresas em Angola, diz Fitch

De acordo com um relatório que apresenta os riscos operacionais em Angola para o primeiro trimestre de 2020, produzido pela consultora Fitch e a que a Lusa teve acesso, a história violenta de Angola, a desigualdade e os altos níveis de pobreza são fatores que contribuem para o elevado nível de crimes com motivação económica no país.

Estado angolano põe travão a fundo no financiamento chinês

Instituições chinesas desembolsam este ano cerca de dois terços do valor de linhas de crédito externas em execução, mas os planos para o futuro são outros.

MPLA reúne-se em Luanda à espera da resposta de João Lourenço a José Eduardo dos Santos

O Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) reúne-se esta sexta-feira em Luanda, com a expetativa de um esclarecimento do líder do partido, João Lourenço, às recentes afirmações do ex-chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

Presidente de Angola não confirma saída da Sonangol da Galp e BCP

A petrolífera angolana detém uma participação de 19,5% no banco português. Na energética, a Sonangol intervém de forma indireta por via de uma parceria com Isabel dos Santos e o grupo Amorim.

João Lourenço: “Não posso dar nota 10 à relação com Portugal. O objetivo é atingir a excelência”

João Lourenço termina a visita oficial a Portugal este sábado. Em conferência de imprensa, disse que os dois países “vão olhar para o presente e para o futuro”. “Daí termos a obrigação, sobretudo enquanto políticos, de continuar a trabalhar no sentido de atingirmos a tal nota 10”, explicou. Durante o seu discurso, o Presidente de Angola foi interrompido pela interpelação da filha de uma das vítimas do 27 de maio de 1977.
Ver mais artigos