Especial - Crise na Venezuela

Venezuela: Último carregamento de ajuda humanitária da China chega ao país

Venezuela recebeu na segunda-feira, 10 de junho, o quarto e último carregamento de ajuda humanitária doada pela China, incluindo 68 toneladas de medicamentos e material sanitário, anunciou o Governo.

Guaidó admite impasse nas negociações com Maduro

“[Mais conversas não estão nos planos hoje. Por que não? Porque qualquer coisa que não nos mova na direção [da renúncia de Maduro] é inútil”, explicou Guaidó num comício na cidade venezuelana de Valência.

Direita acusa Juan Guaidó de encenação com o regime

A direita venezuelana acusou o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, de encenação com o regime a troco de espaços de sobrevivência, ao aceitar negociar com o governo do presidente Nicolás Maduro.

Venezuela. Serviços secretos invadem Assembleia Nacional e gabinete de Guaidó

As forças da segurança da Venezuela e os serviços de informação do Estado da Venezuela cercaram a Assembleia Nacional incluindo o gabinete de Juan Guaidó. O motivo? A existência de uma alegada bomba no local.

Portugueses pedem intercessão de Fátima pelo regresso dos filhos, paz e mudança no sistema

Centenas de portugueses acudiram ao Centro Português de Caracas para participar numa missa e procissão a Nossa Senhora de Fátima, a quem pediram que interceda pelo regresso dos filhos que partiram para o estrangeiro.

Nicolás Maduro reclama 28,35 mil milhões de euros retidos nos EUA e Portugal

O presidente da Venezuela voltou a reclamar os 28,35 mil milhões de euros retidos nos Estados Unidos e em Portugal, valor que disse estar destinado à importação de alimentos e medicamentos. Segundo Maduro, os Estados Unidos “roubaram à Venezuela” 30 mil milhões de dólares e em Portugal estão retidos 1,7 mil milhões de dólares.

Governo de Maduro diz que está pronto para resistir a ataque militar dos EUA

O regime de Maduro reagiu desta forma após Juan Guaidó ter dito que avaliará “todas as opções” para destituir o Governo venezuelano e que está a considerar pedir aos Estados Unidos uma intervenção militar.

Juan Guaidó admite pedir intervenção militar dos Estados Unidos

O autoproclamado presidente da Venezuela disse à “BBC” que avaliará “todas as opções” para destituir Nicolás Maduro. Uma nova reunião ministerial entre países da União Europeia, incluindo Portugal, e latino-americanos para abordar a crise na Venezuela arranca esta segunda-feira.

Venezuela: Leopoldo López diz que intervenção militar é opção constitucional

“Nós não excluímos nenhum cenário e a Constituição prevê essa possibilidade. Espero que não tenhamos de chegar a esse ponto, mas não o excluímos, porque é constitucional, porque a liberdade é para todos”, disse Leopoldo Lopez, em entrevista à agência espanhola.
Ver mais artigos