Especial Eleições Legislativas 2019

Costa reúne esta segunda-feira com Presidente da República para entregar nomes de secretários de Estado

O gabinete do primeiro-ministro enviou este domingo, 20 de outubro, uma nota onde refere que “o primeiro-ministro solicitou hoje uma audiência ao Presidente da República para lhe apresentar os nomes dos secretários de Estado”. 

Sondagem Aximage: Maioria julga que António Costa sabia o que se passou em Tancos

Parte considerável dos eleitores também têm a impressão de que Marcelo Rebelo de Sousa também estava ao corrente daquilo que se estava a passar. PSD terá sido o partido mais beneficiado com o “caso de Tancos” e o PS o mais prejudicado nas urnas.
assunção_cristas_rui_rio_debate_legislativas_1

Direita unida numa só lista teria mais um deputado do que o PS

Se os eleitores do PSD, CDS-PP, Iniciativa Liberal, Chega e Aliança tivessem votado na mesma lista esta teria colocado 97 deputados na Assembleia da República, ganhando dez ao PS. Mas bastaria o partido de André Ventura ficar de fora para os socialistas continuarem a ter mais parlamentares do que os existentes à sua direita.

“Sem acordo escrito, aumenta probabilidade de legislatura não chegar ao fim”

Politólogo André Freire diz ao Jornal Económico que um entendimento formal entre PS e Bloco de Esquerda seria “desejável” para assegurar estabilidade governativa.

Aliança vai pedir repetição do voto dos emigrantes para as legislativas

“Implementação de um sistema de votação online seguro e eficiente” é a solução que o Aliança espera ver os demais partidos defenderem junto do Presidente da República e do Ministério da Administração Interna. Sem prejuízo de a Assembleia da República começar os trabalhos só com 226 deputados.

António Costa afirma que PS não vai assinar acordos escritos de legislatura

Esta posição foi transmitida à agência Lusa por vários dirigentes socialistas que ouviram a intervenção de fundo de António Costa na reunião desta noite da Comissão Política Nacional do PS, em Lisboa.

Marcelo espera nomeação do Governo e tomada de posse até final do mês

“Estão a ser seguidos os procedimentos normais e o calendário apontado desde a primeira hora […] é que logo a seguir à primeira reunião da Assembleia da República haja a nomeação e a posse do Governo, o que significa até final do mês de outubro”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

“O PCP tem o seu próprio programa”. Jerónimo de Sousa rejeita acordo escrito com o PS

“Há quatro anos foi exigido um acordo escrito por parte do Presidente da República”. Jerónimo de Sousa realçou que o quadro não é esse e que não há nenhum obstáculo à formação de um governo socialista.

Costa aceita “não” do PCP a acordo escrito e diz que não terá parceiros de esquerda preferenciais

“Respeitamos os partidos que entendem que é útil que haja acordo escrito [Bloco de Esquerda] e também os partidos que entendem que não é útil que haja acordo escrito [PCP]. Não trabalharemos preferencialmente com nenhum dos partidos com quem temos contactos ao longo do dia de hoje”, declarou António Costa no final de hora e meia de reunião na sede do PCP.
Ver mais artigos