JE TV A Arte da Guerra

“A Arte da Guerra”. “Os curdos são uma espinha encravada na garganta da Turquia há muito tempo”

A entrada dos exércitos da Turquia na Síria está iminente em resultado de um atentado em Istambul atribuído ao PKK, partido curdo na Turquia. Veja a análise de Francisco Seixas da Costa no programa da plataforma multimédia JE TV.

“A Arte da Guerra”. “O Qatar acabou por ser vítima da sua própria ambição”

Poderão os protestos relativos ao Qatar ser uma alavanca no sentido da mudança da estrutura da sociedade do país? O primeiro mundial jogado no Médio Oriente colocou todas contradições deste pequeno país debaixo do foco internacional. Veja a análise de Francisco Seixas da Costa no programa da plataforma multimédia JE TV.

“A Arte da Guerra”. “Máquina do Partido Comunista chinês parece ser capaz de segurar essas erupções”

A política de Covid zero começa a fazer mossa na China com o confinamento de centenas de milhões de pessoas a desencadear protestos pouco comuns na presidência de Xi Jinping. Na última edição do programa da plataforma multimédia JE TV, Francisco Seixas da Costa analisou a possibilidade destes protestos colocarem em causa o poder na China.

Paciência zero para a política Covid zero na China. Veja “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

A política de Covid zero começa a fazer mossa na China com o confinamento de centenas de milhões de pessoas a desencadear protestos pouco comuns na presidência de Xi Jinping. Os incidentes diplomáticos no Qatar e a perseguição aos curdos por parte de Erdogan serão também temas em análise por parte do embaixador Francisco Seixas da Costa.

“A Arte da Guerra”. “Isto revela que não estão fechadas as portas entre EUA e Rússia. É bom sinal”

Na Indonésia, Joe Biden e Xi Jinping encontraram-se no âmbito da cimeira do G20 e mantiveram a opção nuclear como uma linha vermelha que, em conjunto, disseram ser inultrapassável. Um recado para a Rússia, que ouviu o mesmo recado vindo de Ancara. Na capital da Turquia, pelo mesmo motivo os serviços secretos dos EUA se encontraram com os seus colegas russos.

“A Arte da Guerra”. “Num mundo partido ao meio, a China não podia deixar a Rússia sozinha”

Na Indonésia, Joe Biden e Xi Jinping encontraram-se no âmbito da cimeira do G20 e mantiveram a opção nuclear como uma linha vermelha que, em conjunto, disseram ser inultrapassável. Um recado para a Rússia. Veja a análise de Francisco Seixas da Costa às intercalares nos EUA.
Ver mais artigos