Objetivo Política & Economia

Outro governo

Os ministros devem ser menos homens e mulheres de negócios e serem, em cada uma das áreas, planeadores do futuro. Não tem sido assim.

O mundo contra o Bloco

O BE, que exige às empresas que inventem dinheiro quando ele não existe, afinal sabe comportar-se como uma empresa.

Uma escolha

Faz todo o sentido que PCP e o BE fiquem de fora da lista dos cinco membros indicados pelo Parlamento para o Conselho de Estado.

Portugal hoje

O país vai ter um governo de autoridade reforçada e uma oposição autodestroçada por vários fatores. Se a primeira circunstância é positiva numa conjuntura internacional difícil, a segunda é péssima.

A ‘revelação’

O PCP, através de uma posição mais declarada, e o BE, de forma envergonhada, remetem-nos, no cenário de uma guerra-invasão já em curso, para a natureza dos comunistas portugueses.

O retrato de Portugal

O caso dos votos dos emigrantes é uma ilustração perfeita da idiossincrasia portuguesa: os partidos e os seus deputados são os primeiros a organizarem-se para fintar a Lei.

“Nós e eles”

Fazendo crescer o Chega, o PS está, obviamente, a evitar que à direita, nos próximos anos, se possa desenvolver qualquer alternativa de poder.

Uma ‘espécie’ de democracia

Vamos continuar a fingir acreditar que o controlo do sistema policial e de Justiça acontecem apenas em países como a Hungria e a Polónia?

Um episódio infeliz

O Chega, pode dizer-se e isso é uma crítica válida, está a usar pessoas. Mas, para nos reafirmar esta evidência, Ricardo Araújo Pereira não tinha que retalhar vezes sem conta um homem simples.
Ver mais artigos