Premium118 empresas interessadas em empregar ucranianos

O programa “SOS Ucrânia” continua em marcha na região, focado na empregabilidade, alojamento e integração social dos cidadãos daquele país.

Foram já 118 empresas regionais que manifestaram interesse junto ao Instituto de Emprego da Madeira (IEM) em empregar refugiados vindos da Ucrânia, segundo dados providenciados pela Secretaria Regional da Inclusão e Cidadania (SRIC) ao Económico Madeira.

No âmbito da operação “SOS Ucrânia”, coordenada pela SRIC, que inclui o IEM e a Associação de Comércio e Indústria do Funchal (ACIF) na área do emprego, as 118 empresas formalizaram 200 ofertas de emprego, ativas até à data de fecho desta edição. Contudo, são apenas 43 as inscrições para ofertas de emprego por parte de cidadãos ucranianos no Instituto de Emprego, sendo 33 as apresentações de cidadãos ucranianos a ofertas de emprego. Na semana anterior, a SRIC dava conta de duas colocações nas empresas Serlima Clean e Funchal Vidro.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 6 de maio.

Recomendadas

PremiumSystemic tem cinco novos investidores

Carlos Loureiro, José Galamba de Oliveira, Raúl Marques, Rui Leão Martinho e Vítor Nunes são os novos sócios da consultora fundada por Sofia Santos, que apoia empresas na área da sustentabilidade e ESG.

PremiumVenda do Atlântico avança e espanhóis fora da corrida ao BPG

O pedido de compra do Atlântico Europa pelo Well Link Group está finalmente a evoluir, depois do acordo assinado no inicio de 2020. Já o BPG optou por abrir o processo competitivo de venda.

PremiumNovobanco tem como meta financiar 600 milhões de euros de dívida “verde” até 2024

A meta faz parte do Plano Estratégico do banco para 2024 e o Novobanco já tomou firme duas emissões de dívida da Sonae SGPS e Modelo Continente indexadas a indicadores ESG.
Comentários