Mais 2.833 jovens portugueses irão beneficiar de um apoio ao arrendamento

No âmbito do Programa Porta 65-Jovem mais 2.833 jovens irão beneficiar de apoio ao pagamento da renda na habitação.

Segundo informação divulgada pelo IHRU – Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, no período que decorreu entre 20 de setembro e 12 de outubro, foram aprovadas 1.896 candidaturas, num total de 2.833 jovens que irão receber subvenção.

Foram aprovadas 1.257 candidaturas para T2; 423 para o T1; 153 para o T3; 58 para T0 e cinco para T4.

Lisboa foi o município com mais candidaturas aceites (697), seguido do Porto (477), Aveiro (150) e Setúbal (119). Todos os outros municípios registarem valores de dois e um dígito.

O Programa Porta 65-Jovem, com quatro períodos de candidatura por ano, apoia o arrendamento de habitação para residência permanente, tendo como beneficiários jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos; Jovens em coabitação; Jovens casais ou em união de facto (um dos elementos pode ter até 32 anos). O apoio consiste na atribuição de uma percentagem do valor da renda como subvenção mensal, sendo beneficiadas as candidaturas que englobem menores e pessoas com deficiência e que se encontrem em localizações especiais.

Recomendadas

Goldman Sachs prevê que inflação medida pelo IHPC atinja 5% em outubro na zona euro

O banco norte-americano prevê ainda que o ano de 2023 verá a inflação ‘core’ em 2,9% (em comparação a 2,7%), e para 2024 deve atingir 2,2% (2,1% anteriormente), consequência de um arrefecimento mais lento das pressões da inflação ‘core’ até 2023.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Turismo do Centro teme retração de mercados internacionais em 2023

“O que temos mais certo é o imprevisível”, afirmou Pedro Machado, que falava aos jornalistas em Coimbra, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, que se celebra na terça-feira.
Comentários