Marcelo apela a precauções acrescidas nas estradas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou aos portugueses para que nesta quadra natalícia tenham cuidado com a condução.

À saída de uma visita que fez esta tarde à associação Raríssimas, na Moita, distrito de Setúbal, Marcelo Rebelo de Sousa foi questionado pelos jornalistas sobre os números da operação da GNR “Natal Tranquilo”.

“Aqui o apelo que há a fazer aos portugueses – é um período longo este porque é um fim de semana longo – é que se beberem não conduzam e peçam a alguém, a [um] familiar, que conduza, que beba um bocadinho menos”, pediu.

O Presidente da República quer, por isso, que os portugueses “tenham precauções acrescidas” porque às vezes “o querer-se chegar depressa demais faz perder a vida num minuto ou ter um acidente que é dispensável”.

“Um Feliz Natal para todos. Vamos vivê-lo hoje e amanhã ainda, mas com algum cuidado em termos de circulação no país”, insistiu.

A operação “Natal Tranquilo” registou no terceiro dia, no domingo, 190 acidentes na estrada, que resultaram em cinco mortos e três feridos graves, elevando para 12 as vítimas mortais desde o início da operação, disse hoje fonte da GNR à Lusa.

Desde as 21h00 de sexta-feira, a operação da GNR registou pelo menos 830 acidentes que resultaram em 12 mortos e 21 feridos.

No domingo, segundo os dados provisórios da GNR, os acidentes rodoviários mortais tiveram lugar nos concelhos de Trofa, Rio Maior, Ovar, Almodôvar e Arcozelo (Ponte de Lima).

A GNR tem em curso desde as 21h00 de sexta-feira e até quarta-feira a Operação “Natal Tranquilo”, que prevê o reforço do patrulhamento e da fiscalização nas vias com maior tráfego nesta altura do ano no país.

A operação conta com a participação de mais de 1.400 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais.

Recomendadas

José Luís Carneiro: Tráfico de imigrantes é “problema estrutural” e polícia intervém porque sociedade “falha”

“Não é um problema novo, é um problema estrutural”, em termos internacionais, afirmou hoje aos jornalistas o governante, no Comando Territorial de Évora da GNR, onde presidiu à inauguração do Espaço “Maria e António”, a renovada sala dedicada ao atendimento à vítima.

Violência doméstica. APAV junta-se à hamburgueria A-100 em ação de sensibilização

A hamburgueria compromete-se a doar à APAV um euro por cada sobremesa vendida esta sexta-feira e vai iniciar uma angariação de fundos na sua página de Instagram até ao final do ano, com o dinheiro a reverter a favor da associação.

Crime de violência doméstica representa metade das medidas de vigilância eletrónica

Entre 2.224 solicitações de vigilância através de pulseira eletrónica recebidas pela DGRSP de janeiro a outubro deste ano, 1.126 ocorreram no âmbito do crime de violência doméstica, correspondendo a 50,63% do total.
Comentários