55 mil estrangeiros mostraram interesse em vir procurar emprego em Portugal numa única semana

Cerca de 55 mil estrangeiros já mostraram vontade junto do IEFP de vir para Portugal procurar emprego, indicou a ministra do Trabalho aos deputados. Isto no âmbito do novo visto lançado para dar resposta à escassez de mão-de-obra na generalidade dos sectores da economia portuguesa.

António Pedro Santos/Lusa

Apenas numa semana, cerca de 55 mil trabalhadores estrangeiros manifestaram interesse em vir procurar emprego em Portugal, no âmbito do novo visto lançado pelo Governo para dar resposta à escassez de mão-de-obra. Este número foi apresentado esta sexta-feira pela ministra do Trabalho, no Parlamento.

Ana Mendes Godinho está a ser ouvida esta manhã na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023. Foi nesse contexto que realçou que o visto de procura de trabalho “prevê a criação de um espaço na página do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) para que os trabalhadores estrangeiros possam manifestar o seu interesse em vir para Portugal”.

“Isto entrou em vigor há uma semana e, neste momento, temos 55 mil trabalhadores que se registaram nessa manifestação  de interesse”, adiantou a governante, defendendo que isso mostra o dinamismo e o posicionamento de Portugal como país para trabalhar.

A responsável sublinhou ainda que esses trabalhadores são também importantes para a Segurança Social, já que podem vir a contribuir para o sistema, destacando que mais de meio milhão de estrangeiros já fazem esses descontos.

A nova tipologia de visto possibilita a entrada de cidadãos que venham à procura de trabalho por até 180 dias. Os empresários ouvidos pelo Jornal Económico já avisaram que a medida, que consideram positiva, deve ser marcada pela celeridade ou falhará o seu objetivo.

Recomendadas

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

Há um “caminho longo” a percorrer no envelhecimento ativo, diz a ministra da Coesão Territorial

“Sabemos hoje mais sobre as maleitas dos mais velhos e sabemos como as evitar”, sublinhou Ana Abrunhosa, reiterando que “todos queremos envelhecer com qualidade”.

Apoio às famílias pode mitigar desaceleração da economia, prevê Fórum para a Competitividade

O pacote de apoios preparado pelo Governo como resposta à inflação pode mitigar a desaceleração da economia, mas o próximo ano apresenta-se repleto de riscos de desafios. Salários reais devem voltar a cair, prevê o Fórum para a Competitividade.
Comentários