A importância da cibersegurança nos dias de hoje

É cada vez mais complexo para as organizações delimitarem o ambiente digital em que operam e gerirem os riscos associados.

No mundo on-line, as organizações por defeito são digitais que operam culturas, tecnologias e processos através da internet. Para além disso, num mundo convergente interligado pela Internet of Things (IoT), o digital é cada vez mais vasto, em que todos os ativos usados pela organização são mais um nó na rede global.

Torna-se assim cada vez mais complexo para as organizações delimitarem o ambiente digital em que operam e gerirem os riscos associados. Necessidade de rever a capacidade de ciber resiliência…

Como consequência, as organizações estão a ser sujeitas a ataques com diferentes níveis de sofisticação, que requerem uma resposta que passa por continuar a proteger dos ataques mais comuns, e ao mesmo tempo estarem preparados para lidar com ataques avançados e emergentes. Inevitavelmente alguns desses ataques irão ser bem sucedidos. Nesses casos, o objetivo deverá ser a rapidez com que são detetados e a eficiência com que eles são tratados, nomeadamente:
• Defesa de ataque comuns: as soluções pontuais continuam a ser um elemento-chave, continuarão a proteger da maior parte dos ataques, ex: antivírus, sistemas de detecção e proteção de intrusos (IDS/IPS), gestão de patches, o uso de tecnologias de criptografia que protege a confidencialidade e integridade dos dados. A conscientização dos colaboradores também é fundamental, causa da maior parte dos incidentes.
• Defesa de ataques avançados: significa aceitar que os atacantes irão conseguir entrar e como consequência a necessidade de detetar os mesmos o mais rápido possível é um imperativo. O Security Operation Center (SOC) é a base de partida, pois permite fornecer um serviço coordenado para todas as atividades de cibersegurança de forma continua com o objetivo de identificar e anular os ataques visando os ativos críticos da organização.
• Defesa de ataques emergentes: As organizações necessitam de estar preparadas para responder ao imprevisto. Para isso necessitam de um plano de resposta a Ciberataques que seja ativado logo que se detete uma intrusão. Esta representa a melhor resposta de uma organização para minimizar o seu impacto.

As organizações deverão estar cientes de que é apenas uma questão de tempo até sofrerem um ataque com sucesso. O sucesso da organização de hoje será definido pela capacidade de resposta, através da minimização do impacto no seu negócio.

Se tem interesse em receber comunicação da EY Portugal (Convites, Newsletters, Estudos, etc), por favor Clique aqui

Recomendadas

A adoção de cloud nas organizações

A adoção de cloud é vital para a transformação digital, adotando tecnologias disruptivas e otimizando as organizações.

O arquivo eletrónico e a desmaterialização de faturas e documentos

Os requisitos técnicos e legais referentes à desmaterialização de faturas e demais documentos fiscalmente relevantes, e de constituição do arquivo eletrónico, foram definidos com a publicação do Decreto-Lei n.º 28/2019, de 15 de fevereiro.

Reinventar o SNS

Colocam-se ao SNS desafios associados ao envelhecimento populacional, à maior prevalência de doenças crónicas, ao maior consumo de cuidados de saúde e à maior exigência dos utentes.
Comentários