Premium“A sustentabilidade cria oportunidades para os bancos”

As alterações climáticas e as medidas necessárias para lhes fazer frente estão a gerar novos riscos para os bancos, mas também abrem novas oportunidades de negócio que o sector já está a aproveitar, diz a líder da área de ESG da Autoridade Bancária Europeia.

Dorota Siwek lidera a ESG Risks Unit da Autoridade Bancária Europeia (EBA) e será a keynote speaker da edição deste ano do Fórum Banca, que o Jornal Económico e a PwC promovem no próximo dia 13 de maio.

Em entrevista, fala do discussion paper que a EBA lançou na passada segunda-feira sobre a forma como a estrutura prudencial dos bancos deve lidar com os riscos climáticos. E aborda o papel decisivo que os bancos vão desempenhar no futuro como potenciadores de uma economia mais sustentável, uma vez que as empresas com melhores práticas a nível de sustentabilidade terão melhores condições de financiamento bancário que aquelas que forem mais poluentes ou menos socialmente responsáveis.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumFim do protocolo com a Coleção Berardo não é prejudicial à banca

A denúncia do contrato, anunciada pelo Ministério da Cultura, vai entrar em vigor em janeiro de 2023. Mas, segundo apurou o JE, a banca considera que esta decisão do Governo não lhe é prejudicial.

CGD propõe distribuir dividendo adicional de 137 milhões de euros

O banco público explica que “dispõe de uma situação financeira robusta, pelo que a alteração do montante a entregar ao acionista não prejudica a sua capacidade de cumprir com os requisitos legais e regulamentares”.

Ucrânia: Moscovo restringe ação dos bancos italianos Intesa Sanpaolo e UniCredit

O banco central da Federação Russa impôs restrições temporárias às contas bancárias de empresas e cidadãos italianos das filiais locais do Intesa Sanpaolo e UniCredit, disseram à Efe fontes conhecedoras do caso.
Comentários