Ações da PT afundam mais de 9% e pressionam negociações no PSI20

O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, segue hoje a recuar 1,63% para 5.091,63 pontos, com as ações da PT SGPS a afundarem mais de 9%. Pelas 08h45 de hoje, o PSI20 seguia com 17 dos 18 títulos que o compõem a negociarem negativos e apenas um (EDP) a negociar em terreno positivo. […]

O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, segue hoje a recuar 1,63% para 5.091,63 pontos, com as ações da PT SGPS a afundarem mais de 9%.

Pelas 08h45 de hoje, o PSI20 seguia com 17 dos 18 títulos que o compõem a negociarem negativos e apenas um (EDP) a negociar em terreno positivo.

A liderarem as perdas seguiam as ações da PT SGPS, que recuavam 9,21% para 1,37 pontos.

As ações da Mota-Engil seguiam igualmente em forte desvalorização, com perdas de 5,52% para 3,34 euros.

Em terreno positivo seguia apenas a EDP, que avançava 0,18% para 3,31 euros.

Lisboa seguia a negociar numa Europa igualmente negativa, no arranque de uma semana que será marcada pela reunião do Banco Central Europeu (BCE) na quinta-feira, na qual os investidores estarão atentos ao plano de estímulos para a zona euro.

OJE/Lusa

Recomendadas

Banco de Inglaterra anuncia cenário para “testes de stress” com libra em queda

O Banco de Inglaterra divulgou hoje o cenário para testar a resistência dos grandes bancos do Reino Unido, quando o mercado obrigacionista britânico e a libra estão abalados pelas medidas orçamentais anunciadas pelo novo Governo.

Bolsa de Lisboa entre as que mais caíram. EDP Renováveis lidera perdas

O BCE e a OCDE penalizaram os mercados. “O italiano Footsie MIB foi a exceção após a vitória maioritária de Giorgia Meloni do partido de extrema-direita para o cargo de primeira-ministra, nas eleições realizadas ontem”, realçou o analista do BCP.

Wall Street arranca semana indeciso face aos alertas de recessão e taxas de juro em alta

A possibilidade de as taxas de juro continuarem em alta até 2023 fez com que os três principais índices tivessem caído na última semana entre 4% e 5%.