PremiumAdesão da Ucrânia à UE “vai mudar tudo”, diz embaixadora

A embaixadora da Ucrânia em Portugal, Inna Ohnivets, diz que estão a ser feitas as reformas necessárias para uma adesão à UE em tempo recorde e classifica a assistência portuguesa como “exemplar”.

A embaixadora ucraniana em Portugal, Inna Ohnivets, reagiu esta quinta-feira à luz verde, dada pelos 27 líderes da União Europeia (UE), que confere oficialmente à Ucrânia o estatuto de país candidato à UE.

Ohnivets diz que esta decisão “vai mudar tudo” no esforço de guerra e acredita que a adesão será feita em tempo recorde porque já estão a ser feitas algumas das reformas legislativas necessárias, adianta.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumTAP teme impacto do risco de recessão nas suas receitas em 2023

Companhia aérea nacional diz que a capacidade este ano está a 90% dos níveis pré-pandemia. Aumento dos custos do jetfuel já está a afetar fortemente as operações da companhia. Acordos coletivos estarão “no topo da lista de prioridades” da TAP em 2023.

PremiumPrimeiro-ministro assume postura de moderação

Um objetivo politicamente aceitável e o fim da intervenção militar em Gaza mal esse objetivo foi alcançado e antes que se tornasse incontrolável. A poucos meses das eleições, Yair Lapid não abre mão da segurança, mas quer ser diferente.

PremiumAntony Blinken viaja à Ásia e África para evitar desastre em novembro

Cambodja, Filipinas, África do Sul, Congo e Ruanda: dez dias para o secretário de Estado Antony Blinken promover a imagem dos Estados Unidos nos continentes onde a China e a Rússia levam vantagem. E que também serve para acautelar as eleições intercalares de novembro.
Comentários