Adeus a um ícone. Depois de duas décadas, Apple decide reformar iPod

Quando o último iPod sair das prateleiras, a Apple abandona uma era que marcou várias gerações que passaram pelo walkman e pelo leitor de CDs. 

Nasceu pequenino, cabia numa mão fechada e foi crescendo à medida que os anos passavam. Depois de ter nascido em 2001, a Apple decidiu agora reformar o famoso iPod, 21 anos depois da sua criação.

Ainda Steve Jobs era vivo quando o iPod surgiu como um pequeno leitor de músicas mp3 mas para os amantes da versão iOS. Começou apenas por tocar músicas provenientes do iTunes, serviço musical da Apple, mas rapidamente evoluiu no tempo e começou a captar áudio e a gravar vídeos, passando de um pequeno aparelho para algo médio.

De acordo com a empresa mais valiosa do mundo, o aparelho mantém-se disponível nas lojas até o stock chegar ao fim. Quando o último iPod sair das prateleiras, a Apple abandona uma era que marcou várias gerações que passaram pelo walkman e pelo leitor de CDs.

O iPod tornou-se revelaste no mercado por permitir a compra de apenas uma música de determinado artista, numa altura em que era necessário comprar o disco para ter acesso à mesma música.

No entanto, o iPod perdeu relevância e apelo quando os iPhones começaram a sair de linha, em 2007, e a englobar todos os serviços possíveis e imaginários, integrando a experiência do antecessor. Nesta altura, os clientes da Apple passaram a adquirir smartphones e largaram os dispositivos que só serviam para ouvir música, com o aparelho a tornar-se obsoleto na era do streaming musical.

A versão mais recente do iPod data de 2019, altura em que a empresa quis revitalizar a imagem do aparelho musical. Este aparelho já possuiu um ecrã sensível ao toque, suporta a App Store, bem como FaceTime e serviço de mensagens, tendo também conexão de wi-fi.

Em termos de comparação com o iPhone mais recente, o iPhone 13 Pro Max está disponível na versão de um terabyte, algo que significa armazenamento sem fim. Apesar de ser um terabyte único, o iPhone mais recente tem 200 vezes mais espaço disponível do que o primeiro iPod, que tinha duas versões disponíveis: 5GB e 10GB.

O iPhone 13 Pro Max tem uma versão de 1 TB – espaço equivalente a 200 vezes o que estava disponível no modelo básico do primeiro iPod.

Recomendadas

Que tal uma viagem no tempo, aos Loucos Anos 20 em Lisboa?

A capital portuguesa não se furtou às novidades, extravagâncias e transgressões dessa década, e seguiu exemplos estrangeiros vindos através da imprensa, da rádio, da literatura e do cinema. Uma exposição para ver no Museu de Lisboa.

NOS Alive arranca hoje. Conheça o cartaz, os horários e saiba como chegar

Começa hoje a 14.ª edição do NOS Alive, após dois anos de pausa provocada pela pandemia. Na primeira noite, o Passeio Marítimo de Algés recebe Jungle, The War on Drugs, The Strokes e encerra com Stromae. Conheça o restante cartaz e saiba como chegar ao festival.

“Sarrabulhada” governativa na ementa do Congresso do PSD. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.
Comentários