Aeroporto do Porto distinguido como “Best European Airport”

O prémio foi entregue pela organização internacional dos aeroportos, refere-se à categoria de 10-25 milhões de passageiros e destaca a qualidade do serviço, de acordo com um comunicado de imprensa da ANA Aeroportos de Portugal.

Cristina Bernardo

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, recebeu o prémio de Best Airport na sua categoria, de 10-25 milhões de passageiros. Ao atribuir a distinção, o ACI Europe, que é a organização internacional dos aeroportos, destacou a recuperação da atividade após crise pandémica, a qualidade de serviço e as ações implementadas no âmbito da sustentabilidade constantes no compromisso ambiental da VINCI Airports, de acordo com um comunicado da ANA Aeroportos de Portugal.

A mesma instituição lembra a criação do fórum dos Stakeholders para a Gestão Global de Carbono, os projetos de reutilização da água, a redução da pegada hídrica e o sistema de triagem de resíduos com uma central dedicada no Aeroporto. O fórum dos Stakeholders para a Gestão Global de Carbono constitui uma iniciativa da ANA Aeroportos de Portugal que visa o estabelecimento de metas e implementação de ações concretas para a diminuição da pegada carbónica do setor da aviação.

Os critérios tidos em conta para a atribuição do prémio passaram essencialmente pela qualidade de serviço e a implementação de medidas durante a pandemia nas áreas operacionais, saúde e segurança, gestão comercial, no contexto da estratégia de sustentabilidade do aeroporto e da sua recuperação financeira.

Refira-se que, recentemente, o Aeroporto do Porto – assim como oito aeroportos portugueses – foram destacados com o nível quatro de acreditação de carbono. No ano passado, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro recebeu também, e em conjunto com o Aeroporto de Lisboa, a menção “Highly Commended”, atribuída no mesmo fórum.

Recomendadas

PremiumTAP teme impacto do risco de recessão nas suas receitas em 2023

Companhia aérea nacional diz que a capacidade este ano está a 90% dos níveis pré-pandemia. Aumento dos custos do jetfuel já está a afetar fortemente as operações da companhia. Acordos coletivos estarão “no topo da lista de prioridades” da TAP em 2023.

Sindicatos anunciam marcha silenciosa na terça-feira para protestar contra situação na TAP

Três sindicatos do sector da aviação apelaram aos associados para participarem numa “marcha silenciosa” inédita na terça-feira para “continuar a chamar a atenção de todos” para a situação que, “infelizmente, hoje se vive na TAP Air Portugal”, foi anunciado.

Eletricidade. Comercializadores proibidos de repercutirem custos na fatura depois da polémica com a Endesa

A medida visa garantir que os consumidores já isentos não venham a pagar mais na fatura devido ao mecanismo ibérico. Somente os contratos de fornecimento de eletricidade a preços fixos celebrados depois de 26 de abril é que são impactados pelos custos do mecanismo.
Comentários