Aeroporto: PCP quer ouvir Pedro Nuno Santos com urgência

O Grupo Parlamentar do PCP requereu a audição no parlamento com caráter de urgência do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

O Grupo Parlamentar do PCP requereu esta quarta-feira a audição no parlamento com caráter de urgência do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, para prestar esclarecimentos sobre solução Montijo/Alcochete para resolver a situação do aeroporto de Lisboa

De acordo com um requerimento endereçado à tutela, através da Assembleia da República, os comunistas requerem a “audição com caráter de urgência” de Pedro Nuno Santos na Comissão de Económica, Obras Públicas, Planeamento e Habitação para esclarecer os deputados sobre a proposta do Governo de avançar com a construção, até 2026, de um novo aeroporto no Montijo e por encerrar o Humberto Delgado quando estiver concluído o de Alcochete.

Durante a tarde, no parlamento, a líder parlamentar do PCP, Paula Santos, disse que esta solução “não é credível” e que não “a resposta necessária para o país”.

A deputada comunista acrescentou que o investimento que vai ser feito para construir o aeroporto no Montijo implica a manutenção do da Portela durante mais tempo, o que significa “estar a perder mais tempo e a penalizar o país”.

Na ótica do PCP, a única opção viável é a transferência faseada do Aeroporto Humberto Delgado para o Campo de Tiro de Alcochete e Paula Santos argumentou que esta ideia “ficou comprava nas audições realizadas na semana passada”.

O plano passa por acelerar a construção do aeroporto do Montijo, uma solução para responder ao aumento da procura em Lisboa, complementar ao aeroporto Humberto Delgado, até à concretização do aeroporto em Alcochete, apontada para 2035, segundo o Ministério das Infraestruturas.

Recomendadas

PSD acusa Governo de autoritarismo e ministra da Agricultura de reação “descabelada”

O secretário-geral do PSD acusou o Governo de tiques de autoritarismo e de desrespeito pelas instituições, aludindo ao que considera uma reação “descabelada” da ministra da Agricultura em relação à CAP.
SNS

Ordem dos Enfermeiros vai insistir na criação de centros de parto normal

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros disse que vai “insistir até à exaustão” na criação de centros de parto normal, como forma de resolver um problema particularmente expostos nas últimas semanas.

CDS exige a demissão da ministra da Agricultura, depois de acusação da CAP de “bullying político”

A iniciativa dos centristas surge depois de a ministra ter dado uma resposta “inqualificável e inaceitável” quando questionada sobre medidas para mitigar seca, tendo acusado a CAP de  aconselhar os eleitores a não votar no Partido Socialista”.
Comentários