Afinal, as derrotas de Biden são muito limitadas. Ouça o podcast “A Arte da Guerra”

Numa semana, o presidente dos EUA aguentou a designada onda republicana, colocou Xi Jinping na tónica de colocar uma linha vermelha na opção nuclear e colocou em contacto os serviços secretos norte-americanos e russos. Ouça a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa.

Cristina Bernardo


 

Ouça e acompanhe o podcast “A Arte da Guerra” em:

Apple PodcastsSpotify | Google Podcasts | Anchor

Ao contrário do que se previa, os democratas aguentaram bem – historicamente bem – a investida da onda republicana. E conseguiram mesmo esvaziar a investida que Donald Trump agendara para o período pós-eleitoral, uma espécie de caminhada vitoriosa até à Casa Branca em 2024.

Muito longe dali, na Indonésia, Joe Biden e Xi Jinping encontraram-se no âmbito da cimeira do G20 e mantiveram a opção nuclear como uma linha vermelha que, em conjunto, disseram ser inultrapassável. Um recado para a Rússia.

A Rússia ouviu o mesmo recado vindo de Ancara, capital da Turquia, onde exatamente pelo mesmo motivo – a ameaça nuclear – os serviços secretos norte-americanos tiveram um discreto encontro com os seus colegas russos.

Tudo para ouvir esta semana, no podcast “A Arte da Guerra”, um programa conduzido pelo jornalista António Freitas de Sousa e com os comentários do embaixador Francisco Seixas da Costa.

Recomendadas

Poderá o Brasil mediar o conflito na Ucrânia? Ouça o podcast “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

Com a vitória de Lula da Silva, o Brasil quer voltar a ter um papel preponderante da cena internacional. Nos EUA, adivinha-se que as eleições intercalares podem ser o início de um pesadelo para Joe Biden. Temas para analisar no podcast “A Arte da Guerra”, um programa conduzido pelo jornalista António Freitas de Sousa e com os comentários do embaixador Francisco Seixas da Costa.

“Xi Jinping mudou o paradigma da liderança do Estado chinês”. Ouça a “A Arte da Guerra”

A eternização do presidente da China no lugar que ocupa há dez anos transforma-o numa espécie de czar do Império do Meio e transporta-o para um quadro que tem tudo para ser uma réplica do estalinismo.

Liz Truss: “Isto é a situação dramática em que está o Reino Unido desde que saiu da União Europeia”. Ouça o podcast “A Arte da Guerra”

O “inesperado caos” da economia e política britânica ao discurso de abertura do 20.º Congresso do Partido Comunista Chinês, passando, claro, pela Ucrânia. Para ouvir esta semana em ‘A Arte da Guerra’, um programa conduzido pelo jornalista António Freitas de Sousa e com os comentários do Embaixador Francisco Seixas da Costa.
Comentários