Agosto em Lisboa é uma animação para os mais novos

Os equipamentos culturais da cidade de Lisboa estão a fervilhar de atividades para os mais novos. Por isso, que tal aproveitar o tempo em família? Da arqueologia às marionetas, passando pelo origami, há muito com que entreter a pequenada.

Ainda há quem fale em silly season quando se entra no mês de agosto. Nada de mais errado, pois o estilo de vida e o frenesi tecnológico dificilmente se compadecem com esse conceito “tão século passado”.

Aliás, o mais provável é o leitor, adulto e com pouco tempo para grandes delongas em pesquisas online se aperceber que há inúmeras atividades nos diferentes equipamentos culturais lisboetas, sob a tutela da EGEAC, desenhadas para os mais novos e para aproveitar o melhor possível o tempo em família.

No Museu da Marioneta, a nova exposição temporária “Animais”, dá a conhecer um conjunto de máscaras e marionetas de várias partes do mundo, quase todas provenientes das reservas do museu, grande parte da Coleção Francisco Capelo.  Cerca de uma centena de peças, onde se incluem marionetas de vara, luva, fio, sombra, assim como máscaras orientais, africanas ou da América do Sul, representando os mais diversos animais, povoam o museu até 27 de novembro para nos contarem histórias ancestrais.

Paralelamente, decorre a exposição “Os animais saem da caixa”, onde se exibem as criações das oficinas que o museu organizou em julho para crianças dos 6 aos 12 anos, inspiradas nas peças do museu.

O Museu de Lisboa Palácio Pimenta promove, no dia 20 de agosto, a oficina “Biodiversidade na Cidade”, desafiando os participantes a recolher testemunhos da natureza de caderno e lápis na mão.

Já no Castelo de São Jorge, a oferta é bastante alargada. Desde partir à descoberta dos “Morcegos no Castelo”, num passeio noturno orientado por um biólogo, aos sábados pelas 20h30, a inscrever os miúdos (dos 4 aos 9 anos) na oficina que tem lugar sábado, dia 6, “Descobrir o museu, peça a peça”, passando por ser “Arqueólogo por um dia”, a oficina de arqueologia para toda a família prevista para sábado 16, às 15h00, para não revelar tudo de um só fôlego.

No Museu de Lisboa Santo António há “Há festa em Lisboa” a 13 de agosto, uma atividade gratuita, inserida no programa da O Santo Faz Anos, mediante inscrição para reservas@museudelisboa.pt.

Também no sábado 13, o Museu Bordalo Pinheiro promove uma visita temática comentada, “Passear na Lisboa de Bordalo”, dirigida a adultos, famílias e jovens, durante a qual se revelam algumas das histórias que estiveram na origem de desenhos da sua autoria.

No fim de semana de 13 e 14 de agosto, o Museu do Fado desafia os mais novos a construir um minimuseu inspirado na técnica do origami na oficina “O Meu Museu”.

A edição deste ano do “Lisboa na Rua” arranca a 19 de agosto e promete agitar as ruas da capital até 20 de setembro. Fique atento à programação que em breve estará disponível no site oficial do evento.

Recomendadas

Portugal-França: a Temporada Cruzada continua a agitar o mês de agosto

Ao oitavo mês, a Temporada Cruzada Portugal-França não dá tréguas a quem procura alimento para os sentidos, com propostas que vão da instalação sonora à subversão do privado. Quem disse que agosto é ‘silly’?

Livro: “Viagens de Mandeville”

A literatura de viagens medieval tinha os seus cânones. Um deles era a descrição de povos grotescos que viveriam do outro lado do mundo. Mandeville, ao narrar as “suas” viagens, não impôs qualquer travão à sua imaginação.

Andrea Bocelli dá dois concertos no Altice Arena em Lisboa em 2023

O tenor italiano sobe ao palco a 30 de junho e 1 de julho, fazendo-se o tenor acompanhar por uma orquestra e um coro.
Comentários