AICEP e Universidade Católica unem esforços para promover internacionalização e captação de talento

O protocolo de cooperação tem como objetivo o desenvolvimento de iniciativas e atividades de colaboração mútua, no âmbito da promoção da internacionalização, partilha e transferência de conhecimento e aproximação da academia às empresas.

A Universidade Católica Portuguesa e a AICEP anunciaram esta quarta-feira, 27 de julho, o estabelecimento de uma parceria que visa dinamizar a internacionalização, bem como promover a imagem do país com vista à captação de talento internacional.

No âmbito desta parceria, será promovido o acesso à investigação e produção científica na área do comércio, diplomacia internacional e internacionalização, bem como o desenvolvimento de parcerias estratégicas com empresas na área da Investigação e Desenvolvimento (I&D), procurando aproximar mais o mundo académico das necessidades do tecido empresarial e organizacional.

O acordo prevê a realização de diversas iniciativas e atividades de colaboração mútua, nomeadamente no âmbito da promoção da internacionalização, partilha e transferência de conhecimento e aproximação da academia às empresas. AICEP e Católica irão também dinamizar sessões e eventos internacionais, ações de capacitação e outras iniciativas conjuntas, além da natural troca de informação e experiências.

Na cerimónia de assinatura, Isabel Capeloa Gil, reitora da Universidade Católica Portuguesa, disse que se pretende “promover e facilitar a transferência de conhecimento existente na Universidade, em várias valências, para as empresas, tornando o tecido empresarial português mais competitivo e com maior sucesso na internacionalização”, acrescentando que é “também, relevante, e natural, o continuar a formar recursos humanos de elevado valor técnico, ativos essenciais para a concretização de investimento em Portugal.”

Por seu turno, Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, referiu que a AICEP tem desenvolvido parcerias com Universidades e Politécnicos com vista à dinamização da internacionalização do talento português e consequente promoção da notoriedade do país. “Portugal tem-se afirmado pelo seu talento, inovação, conhecimento e tecnologia e essas vantagens competitivas têm trazido mais e melhor investimento. Acreditamos que Universidades como a Universidade Católica, que tem consolidado a sua estratégia de internacionalização, alcançando um merecido reconhecimento internacional, muito têm contribuído para uma boa perceção do país, também alavancando a vinda de talento estrangeiro para estudar e depois fixar-se em Portugal”.

A assinatura do protocolo entre a AICEP e a Universidade Católica contou também com a presença da administradora da AICEP, Rita Araújo, e do diretor de Global Engagement da Universidade Católica, Francisco Mendes-Palma.

Recomendadas

ISG (re)lança mestrado em Gestão de Empresas já em setembro

Miguel Varela, presidente do ISG, diz ao JE que o mestrado em gestão de empresas é um curso fundamental na estratégia de oferta formativa da Escola de gestão. Curso decorre em horário pós-laboral.

Instituto Gulbenkian de Ciência tem duas bolsas de mestrado e um prémio de pós-doutoramento

Apresentação de candidaturas para o António Coutinho Science Awards decorre até 4 de outubro. Iniciativa junta Instituto Gulbenkian de Ciência, Município de Oeiras e empresa Merck.

Cientistas estudam novos planos de emergência para proteção das populações em risco em caso de incêndio

O projeto envolve uma equipa da Universidade de Coimbra, em colaboração com a Escola Nacional de Bombeiros e o Centro de Inovação e Competências da Floresta e será de grande utilidade para ajudar a definir uma estratégia de proteção nos incêndios rurais.
Comentários