Air France-KLM espera atingir um milhão de passageiros em 2019

A empresa aérea franco-neerlandesa vai prosseguir a sua estratégia de consolidação no mercado português, mantendo este inverno a mesma oferta que tinha disponível no período homólogo.

Cristina Bernardo

O grupo Air France-KLM espera vir a ultrapassar a fasquia de um milhão de passageiros transportados no próximo ano com as duas companhias. A empresa aérea franco-neerlandesa vai prosseguir a sua estratégia de consolidação no mercado português, mantendo este inverno a mesma oferta que tinha disponível no período homólogo.

Após um crescimento de 13% em capacidade de lugares-quilómetros em 2018, propõe aos clientes que viajam de Portugal uma extensa rede de 314 destinos em 116 países, em todos os continentes, com hubs em Paris-CDG e Amesterdão-Schiphol. A oferta deste inverno inclui mais 290 voos por semana semana, para 22 rotas, fruto de um aprofundamento da oferta em conjunto com a Delta Air Lines.

Boris Darceaux, diretor-geral da Air France-KLM para Espanha e Portugal, sublinha que “Portugal é um mercado-chave para o Grupo Air France-KLM no Sul da Europa”. “O Grupo tem acompanhado o crescimento turístico e comercial do país nos últimos anos. Após um forte crescimento de 37% na oferta o passado Inverno, o Grupo mantém a sua oferta durante a presente época, esperando atingir um milhão de passageiros em Portugal em 2019”, afirma.

Oferta da Air France-KLM em Portugal no Inverno 2018-19:

A partir de Lisboa

  • Amesterdão-Schiphol: 14 voos semanais com a KLM e 7 com a Transavia;
  • Paris-Charles de Gaulle: 28 voos semanais com a Joon;
  • Eindhoven: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nova Iorque-JFK: 5 voos semanais com a Delta Air Lines (novo no Inverno);
  • Lyon: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 6 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 21 voos semanais com a Transavia;
  • Roterdão: 2 voos semanais com a Transavia.

A partir de Porto

  • Amesterdão-Schiphol: 7 voos semanais com a KLM e 6 com a Transavia;
  • Paris-Charles de Gaulle: 3 voos semanais com a Joon;
  • Lyon: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 4 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 31 voos semanais com a Transavia.

A partir de Faro

  • Amesterdão-Schiphol: 9 voos semanais com a Transavia;
  • Eindhoven: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 2 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 5 voos semanais com a Transavia;
  • Roterdão: 8 voos semanais com a Transavia.

A partir do Funchal

  • Amesterdão-Schiphol: 4 voos semanais com a Transavia;
  • Lyon: 1 voo semanal com a Transavia;
  • Nantes: 1 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 8 voos semanais com a Transavia.
Relacionadas

Air France e Booking anunciam nova parceria

Os clientes do grupo de aviação podem, a partir de agora, reservar ‘online’ hotéis e alojamentos mais facilmente com o Boking.com via uma página dedicada no ‘site’ da Air France.

A sua bagagem de mão tem o tamanho certo para ir no avião? App da KLM responde

A KLM Royal Dutch Airlines criou uma aplicação que utiliza a Realidade Aumentada e permite ao passageiro verificar em casa se a sua bagagem cumpre os requisitos pedidos para evitar stress no aeroporto.
Recomendadas

Black Friday faz volume de pagamentos com Ifthenpay aumentar 18% em novembro

A Ifthenpay, empresa portuguesa especializada e líder de mercado em pagamentos digitais para empresas, anunciou que registou um crescimento de mais 18% ao longo do mês de novembro na movimentação financeira através dos seus pagamentos digitais (+95,5 milhões de euros), e por comparação com período homólogo do ano anterior.

BPI distribui presentes de Natal a crianças no país

A edição de 2022 deverá mobilizar milhares de pessoas – entre trabalhadores sociais, voluntários, colaboradores e clientes do banco – para realizar os desejos de crianças apoiadas por instituições sociais que lutam contra a pobreza infantil em todo o país.

Exigir participação de mulheres em conferências é o novo grito pela igualdade

O BNP Paribas Portugal assumiu o compromisso de garantir 40% de mulheres no Comité Executivo do Banco e no G100 até 2025 e de não participar em conferências em cujos painéis não estejam mulheres. Acordo com movimento francês Jamais Sans Elles foi oficializado no dia 10 de novembro.
Comentários