AirAsia admite “agora” fazer alterações

O diretor executivo da AirAsia, Tony Fernandes, admitiu proceder a alterações na empresa após o desaparecimento do avião que realizava o voo QZ8501, entre Surabaia e Singapura, com 162 pessoas a bordo. Segundo Tony Fernandes, a companhia irá avaliar o que “tem de melhorar, se houver algo a melhorar”, após perceber o que correu mal […]

O diretor executivo da AirAsia, Tony Fernandes, admitiu proceder a alterações na empresa após o desaparecimento do avião que realizava o voo QZ8501, entre Surabaia e Singapura, com 162 pessoas a bordo.

Segundo Tony Fernandes, a companhia irá avaliar o que “tem de melhorar, se houver algo a melhorar”, após perceber o que correu mal no incidente.

“Até não sabermos o que correu mal, será especular”, sublinhou o responsável máximo da empresa de aviação de baixo custo, que admitiu esperar “alguma reação” ao sucedido nas vendas.

Contudo, vincou que a AirAsia, a maior transportadora aérea low cost da Ásia, continuará “a ser forte”.

O ministro dos Transportes indonésio, Ignasius Jonan, tinha dito, horas antes, numa conferência de imprensa no aeroporto internacional de Jacarta, que o governo vai “rever todas as operações da AirAsia Indonésia, para ter a certeza de que o seu desempenho possa ser melhor no futuro”.

“Vamos rever imensas coisas, incluindo as suas operações de negócio, para que, mais tarde, possamos ver melhorias de segurança”, acrescentou o governante, citado pela imprensa indonésia.

O milionário Tony Fernandes, que tem origens portuguesas e indianas, respondeu também que ainda não foram iniciadas as conversações para compensar as famílias lesadas, mas garantiu que a AirAsia vai seguir a lei indonésia nesse sentido.

O avião descolou da principal cidade do leste de Java às 05:35 de segunda-feira (21:35 de domingo em Lisboa) e deveria aterrar em Singapura às 08:30 (00:30 em Lisboa).

O piloto do voo QZ8501 pediu para desviar o plano de voo devido ao mau tempo, mas depois disso, o contacto foi perdido, segundo a companhia.

A tripulação recebeu, antes de descolar, o prognóstico do tempo na rota de voo com aviso de chuvas.

 

OJE/Lusa

Recomendadas

Alliance Healthcare tem um novo CEO

Paulo Clímaco Lilaia é o novo CEO da Alliance Healthcare, anunciou a empresa que  armazena e distribui produtos farmacêuticos, em comunicado.

Unicórnio Feedzai nomeia David Henshall para o conselho de administração

O antigo presidente e CEO da norte-americana Citrix Systems juntou-se à gestão da empresa liderada por Nuno Sebastião, conhecida pela sua plataforma digital de gestão de risco e fraude financeira.

TikTok pode enfrentar multa por proteção de dados de crianças no Reino Unido

A rede social pode enfrentar uma multa de 27 milhões de libras (cerca de 30,03 milhões de euros) por ter alegadamente processado os dados de crianças menores de 13 anos sem o consentimento apropriado dos pais.