PremiumAirbnb: Experiência local alimenta negócio global

A ideia nem sequer era original, mas a “elegância” da solução apresentada aos anfitriões e aos hóspedes elevou a Airbnb a um dos maiores sucessos da história do capitalismo. De tal forma que parece ter um grande historial atrás de si, mas só nasceu há cerca de 11 anos, pela mão de três empreendedores de São Francisco, com destaque para o atual CEO Brian Chesky. Sendo claro que o paraíso tem problemas, os investidores ignoraram-nos olimpicamente no IPO desta semana.

Parecem longínquos os tempos em que Brian Chesky, Joe Gebbia e Nate (Nathan) Blecharczyk tiveram a original ideia de criar a plataforma digital Airbnb, para promover a estadia de turistas em casas de proprietários disponíveis para mostrar o melhor que têm as suas habitações e as regiões em que se inserem, promovendo o turismo e as economias locais por todo o mundo, mas, claro, criando uma grande pressão concorrencial à hotelaria tradicional. Mas a verdade é que a Airbnb só começou a funcionar em 2009, como uma startup. Tudo parece ter começado a rodar com a cerimónia da tomada de posse do presidente norte-americano Barack Obama, na semana de 19 de janeiro de 2009. Os três referidos empreendedores não queriam só assistir a um momento de história, queriam, acima de tudo, começar a fazê-la, como nos conta Brad Stone no livro “As Upstarts”, editado em Portugal pela Actual em novembro de 2017.

“Os três fundadores de um site pouco conhecido chamado ‘Airbedandbreakfast.com’ [ar, ou seja, transporte aéreo, cama e pequeno almoço], decidiram à última hora ir assistir à cerimónia. Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk convenceram um amigo, Michael Seibel, CEO do site de streaming de vídeos Justin.tv, a ir com eles. Rondavam todos os vinte e poucos anos e não tinham nem bilhetes para as celebrações, nem roupas de inverno, nem sequer uma ideia muito clara do calendário oficial daquela semana. Porém, sentiram que aquela poderia ser uma oportunidade. A empresa deles arrastava-se há mais de um ano sem grande sucesso. Mas os olhos do mundo estavam postos na capital americana, e decidiram aproveitar-se disso”, revela Brad Stone. Apesar de ter sido “a madrugada mais fria da minha vida”; “quando o sol apareceu, aplaudimos todos”, Chesky e os seus parceiros ganharam inspiração com o discurso de Obama numa histórica tomada de posse e multiplicaram anúncios de alojamento disponível por toda a Washington. Foi uma roda que nunca mais parou.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

Airbnb já é mais valiosa do que as três maiores cadeias hoteleiras do mundo juntas

Em conjunto, a Hilton Worldwide Holdings, o Marriott International e o Intercontinental Hotels Group estavam avaliadas em 84,1 mil milhões de dólares (69,4 mil milhões de euros) no fecho do mercado desta quinta-feira.

Airbnb abre a porta da bolsa com preço de 68 dólares por ação

O valor das ações na Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) superou as expectativas, tornando a operação na maior entrada em bolsa este ano.  Esta segunda feira, a empresa liderada por Brian Chesky já tinha aumentado o intervalo do preço indicativo para entre 56 e 60 dólares, acima da anterior indicação de entre 44 e 50 dólares.

Ações da Airbnb sobem mais de 100% na chegada ao Nasdaq

A empresa liderada por Brian Chesky estabeleceu um preço de 68 dólares por ação na entrada em bolsa desta quinta-feira. Os títulos estão agora a valer 144,90 dólares.
Recomendadas

Altice Portugal pede renovação do direito de utilização da TDT

A Altice Portugal confirmou hoje à Lusa que “já requereu” junto das entidades competentes a renovação dos direitos de utilização de frequências TDT.

Asseco PST e LOQR estabelecem parceria para reforçar ligação à lusofonia

Com esta parceria as empresas pretendem auxiliar as instituições financeiras no seu processo de aceleração digital.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários