Alba reabre em Albergaria-a-Velha com festival já este fim de semana

O Cineteatro Alba, em Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, arranca com a programação cultural para o último quadrimestre com o Festival “Dos Modos Nascem Coisas”, a decorrer no sábado e no domingo. Agir e Sara Tavares estão entre os artistas que vão atuar.

O Cineteatro Alba, em Albergaria-a-Velha, apresenta a programação cultural para o último quadrimestre.

De setembro a dezembro, há uma ampla oferta de música, teatro, dança, exposições e animação infanto-juvenil destinada a todos os públicos.

A nova programação inicia-se este fim de semana, dias 10 e 11 de setembro, com o Festival “Dos Modos Nascem Coisas”, que traz música, teatro, circo e performance a espetáculos, oficinas criativas e exposições. A atuação da Orquestra (in)Quieta, constituída por munícipes de todas as idades, será um dos momentos altos.

No dia 24, vai atuar a fadista Sara Correia, interpretando “Do Coração”, álbum nomeado para os prémios Grammy Latino e vencedor do prémio Play, Melhor Álbum de Fado.

Em outubro, no dia 6, Joana Alegre apresenta-se em acústico com Vicente Palma, num concerto intimista, com temas do seu recente disco “Centro” e inéditos baseados na poesia do pai da cantora, Manuel Alegre.

A 20 de outubro chega a dança de Mafalda Deville, no dia , com a atuação “Mama”, inspirada na maternidade, invocando memórias, medos e inseguranças.

A banda The Gift atua dois dias depois, a 22, apresentando o seu álbum “Coral”, que junta um coro clássico à voz de Sónia Tavares.

Em novembro, no dia 5, a Orquestra Filarmonia das Beiras apresenta-se com um conjunto de músicos especiais oriundos da Art’J (Escola Profissional de Artes Performativas da Jobra).

No dia 12 de novembro, Agir leva a Albergaria-a-Velha o seu mais recente trabalho, enquanto a 18 de novembro o palco é para os mais novos, com “Os Contos de Brincar”, pelas “Trovadoras Itinerantes”, que exploram as histórias e cantigas de tradição oral de grandes escritores da literatura infantil.

No dia 20 de novembro, programa infantil com os Concertos para Bebés: uma “viagem” pelas sonoridades diversas de compositores que vão da “música clássica ao jazz, do tradicional português ao world, da eletrónica aos improvisos, e bailes com pais e bebés”.

Ainda em novembro, no dia 26, teatro com “Lar Doce Lar”, em que Joaquim Monchique e Maria Rueff se desdobram em múltiplas personagens.

Em dezembro, o Concerto de Natal com a Orquestra Filarmonia Das Beiras convoca o público para um reencontro com “obras intemporais da música clássica”, e, igualmente natalício, o “Lugar das Cores” conjuga diversas artes performativas.

Bilhetes aqui.

Recomendadas

PremiumMemórias pessoais e transmissíveis

Mas os diários da minha tia Gália eram de um tipo muito específico: à medida que os lia, a sua textura peculiar — que se assemelhava sobretudo a uma rede de pesca de malha grande — tornava‑se cada vez mais enigmática e interessante.

PremiumGeorge Clooney e o Speedmaster ’57

Coincidindo com o 65º aniversário da linha Speedmaster, a coleção completa Omega Speedmaster ’57 inclui agora oito novos modelos.

Cancelados dois concertos de Roger Waters na Polónia devido a posicionamento pró-russo

O co-fundados dos Pink Floyd iria atuar em Cracóvia em abril do próximo ano, na sala de espetáculos “Tauron Arena”, mas, segundo adiantam alguns meios de comunicação da Polónia, as autoridades polacas pretendem declarar Roger Waters como ‘persona non grata’.
Comentários