Aldi vai investir 50 milhões em Santo Tirso e criar 200 postos de trabalho

Os trabalhos de instalação estão previstos “começar em março, tendo como objetivo começar a operar em meados de 2024. No total, serão 160 mil metros quadrados de terreno, dos quais 40 mil dizem respeito a área construída”, acrescenta a nota de imprensa.

A multinacional alemã de supermercados ALDI vai investir 50 milhões de euros na instalação na Área Empresarial da Ermida, em Santo Tirso, de uma plataforma logística, criando 200 postos de trabalho, anunciou hoje em comunicado a Câmara Municipal.

Os trabalhos de instalação estão previstos “começar em março, tendo como objetivo começar a operar em meados de 2024. No total, serão 160 mil metros quadrados de terreno, dos quais 40 mil dizem respeito a área construída”, acrescenta a nota de imprensa.

“Para uma segunda fase, o projeto da ALDI prevê a expansão das instalações e a criação de mais 100 postos de trabalho”, assinala ainda a publicação, indicando que a multinacional ocupará “duas das cinco novas plataformas destinadas à fixação de indústrias na Área Empresarial da Ermida, correspondentes aos terrenos da denominada Quinta da Chinesa, cujo plano de pormenor será votado esta quinta-feira, em reunião de câmara”.

Citado pelo comunicado, o presidente da câmara, Alberto Costa, acrescentou que “o valor global de investimento estimado nos novos terrenos desta área empresarial é de 130 milhões de euros, o que representa uma extraordinária mais-valia para a economia do concelho, prevendo-se a criação de cerca de 800 postos de trabalho”.

Descreve a nota que o Plano de Pormenor da Quinta da Chinesa tem uma área de intervenção de 34,8 hectares e, concluído o período de discussão pública, será votado pelo executivo municipal, para depois ser levado, a 24 de fevereiro, à Assembleia Municipal de Santo Tirso.

Recomendadas

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Região de Coimbra lança Academia Gastronómica para reforçar distinção europeia

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai promover, em 2023, um conjunto de iniciativas para reforçar o estatuto de Região Europeia de Gastronomia com que foi distinguida no biénio de 2021-2022.
Comentários