Alerta global para hoje e amanhã

O nosso planeta está em fim de um ciclo e no princípio de uma nova era climática, com todas as suas implicações na sociedade humana do presente e do futuro. Mais concretamente de hoje e amanhã. O homem que foi o principal responsável por esta situação terá de ser, também, o seu salvador.

Num mundo cada vez mais globalizado e problemático urge agir rapidamente e com determinação na resolução das crises globais humanas e naturais. Presentemente, as mudanças climáticas são a maior ameaça ambiental do século XXI, com efeitos profundos ao nível económico, social e da biosfera.

O nosso planeta está em fim de um ciclo e no princípio de uma nova era climática, com todas as suas implicações na sociedade humana do presente e do futuro. Mais concretamente de hoje e amanhã. O homem que foi o principal responsável por esta situação terá de ser, também, o seu salvador. Nós temos de ser a solução e não continuar a ser o problema mais complicado de resolver. Caso contrário poderá ser a nossa extinção e de um grande número de outros seres vivos. A Terra vai continuar e nós não.

Grande parte da solução será a implementação, a toda a velocidade, do Acordo de Paris, alcançado em 2015, na Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) para as Alterações Climáticas, realizada em França. Terá de ser um esforço coletivo à escala mundial para reduzir as emissões de gases de efeito de estufa e limitar o aumento da temperatura. Serão os países desenvolvidos a liderar conjuntamente com a cooperação de todos os países em desenvolvimento. “A união faz a força: um Planeta um Povo”. O nosso país será a ONU e o nosso território é a Terra. Único Planeta com vida no nosso sistema solar.

Dos Estados Unidos da América virá um Alerta Global, no dia 05 de dezembro de 2017, para sensibilizar todos os humanos que possam ter acesso à internet. Será através da Organização Não Governamental (ONG) “ Climate Reality Project”, liderada e fundada pelo conhecido, carismático e nobel Al Gore. A ação irá continuar em Portugal através da ONG – Associação Zero (Sistema Terrestre Sustentável), em três cidades: Lisboa, Porto e Funchal. Nesta ação global contará com a parceria da FNAC, sítio onde terá lugar a sua emissão em direto “ de 24 horas de realidade “, entre as 17 e 19 horas do dia citado anteriormente. Pelas 18 horas haverá um pequeno debate aberto a todos os presentes.

Vamos todos participar localmente neste problema global. Apresente as suas  soluções de modo a minimizar esta realidade que terá que ser preocupação constante de todos nós. Todos somos importantes e necessários para um mundo com mais futuro. Participe. Contamos consigo.

Recomendadas

Madeira: ACIF participa na quinta reunião transnacional do projeto BLUE-TEC

O projeto visa promover o crescimento inteligente do turismo náutico e costeiro da Macaronésia.

PSD/Açores disponível para novo modelo de financiamento dos bombeiros

O deputado regional social-democrata Luís Soares considerou necessário “saber como funcionam os mecanismos de acesso aos fundos comunitários, mantendo uma porta direta pelos bombeiros, em vez das candidaturas serem elegíveis somente através das câmaras municipais”.

Madeira: Vacinação contra a Covid-19 passa a ser sazonal e decorre em simultâneo com a vacinação contra a gripe

Estas duas vacinas sazonais, contra a gripe e contra a Covid-19, podem ser administradas no mesmo momento, “sendo consensual que a vacinação é segura e igualmente eficaz”, indica a  Direção Regional de Saúde.
Comentários