Allianz adquire central de energia solar com maior potencial em Portugal

O projeto Solara terá a capacidade para produzir 218,8 Megawatts de energia limpa, o suficiente para fornecer eletricidade a cerca de 100 mil casas, isto é, “o suficiente para fornecer energia a uma cidade do tamanho do Porto”.

A Allianz Capital Partners (Allianz) adquiriu o projeto de energia solar sem subsídios do Estado português, intitulado Solara, situada em Vaqueiros, no distrito de Faro, anunciou a empresa em comunicado, divulgado esta terça-feira.

O projeto Solara terá a capacidade para produzir 218,8 Megawatts de energia limpa, o suficiente para fornecer eletricidade a cerca de 100 mil casas, isto é, “o suficiente para fornecer energia a uma cidade do tamanho do Porto”, lê-se na nota, que também dá conta que o projeto “será o maior projeto de energia solar em Portugal”.

Embora o preço da operação não tenha sido divulgado, o contrato terá a duração de 20 anos, com um preço fixo.

A execução do projeto está planeada para o verão de 2019, mas os trabalhos de construção já começaram, estando a trabalhar 1.500 pessoas no local. Segundo o comunicado, o projeto Solara será importante para área de Vaqueiros devido ao decréscimo da população e porque trará um benefício económico para o local.

A aquisição do projeto Solara é o segundo investimento da Allianz em energia limpa com selo português, este ano, depois de ter adquirido a central de energia “Ourika”, situada em Ourique, em outubro. A Allianz já investiu em cerca de nove centrais solares e em 83 parques éolicos que, no conjunto, têm capacidade para fornecer energia limpa a mais de um milhão de casas. Os investimentos situam-se na Áustria, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Suécia, Portugal e nos Estados Unidos.

A Allianz Capital Partners, que gere ativos no valor de cerca de 26 mil milhões de euros, integra o segmento de negócios de investimentos em equity alternativos, da Allianz Group, detido pela Allianz Global Investors.

Relacionadas

Allianz compra central solar portuguesa Ourika

A seguradora alemã adquiriu a primeira central solar da Europa sem tarifas garantidas suportadas pelos contribuintes. “Esperamos investir em mais projetos solares livres de subsídios em muitos mercados europeus no futuro”, afirma Marc Groves-Raines, da Allianz Capital Partners.

Governo assinala arranque de “nova vaga” de centrais solares que vão triplicar produção

O Governo vai assinalar hoje o arranque de “uma nova vaga de centrais solares” com a inauguração da primeira sem tarifas garantidas de várias que começam a funcionar até 2021, permitindo triplicar a produção de energia solar em Portugal.
Recomendadas

Capgemini Portugal estima que receitas cresçam 16% em 2022 e tem 600 vagas de trabalho por preencher

A consultora tecnológica revelou ainda que está prestes a lançar o quarto laboratório de investigação no país, que será dedicado à cibersegurança da computação quântica e para a qual estão alocados cinco doutorados.

Pires de Lima revela que BCSD Portugal deverá incluir 200 empresas em três anos

O CEO da Brisa põe o aspecto social e combate à pobreza no topo das prioridades para caminharmos para um mundo mais sustentável. Pires de Lima invocou o BCSD Portugal, de que faz parte, revelando que reúne 140 empresas mas deverá chegar a 200 no prazo de três anos.

Novo Banco: Tribunal de Contas atento ao acolhimento das recomendações, diz José Tavares

O presidente do Tribunal de Contas, José Tavares, afirmou hoje que o Tribunal “continuará ativo” em relação ao Novo Banco nomeadamente ao nível da aplicação das recomendações formuladas nas auditorias.
Comentários