Alltech desenvolve tecnologia para reduzir pegada ecológica das vacas leiteiras

Na sequência de uma recomendação do Conselho de Estado, o governo holandês está a pôr em prática uma estratégia para reduzir as emissões de azoto, incluindo os seus compostos reactivos como o óxido nitroso (N2O) e o amoníaco (NH3), emitidos pelas vacas e pelo estrume.

A Alltech, depois de o Parlamento Europeu ter aprovado, em novembro, uma resolução onde declarou “a emergência climática e ambiental” na Europa, pedindo que União Europeia adote medidas para reduzir em 55% as emissões de gases com efeito de estufa até 2050, anunciou que está a desenvolver, em parceria com a empresa holandesa Ingenieursbureau Heemskerk, especialista em nutrição de bovinos de leite, uma nova tecnologia que otimiza a forma como as vacas digerem e absorvem as proteínas contidas nas rações, contribuindo desta forma para a reduzir as emissões de amoníaco, um dos gases com efeito de estufa gerado pelos ruminantes.

Na sequência de uma recomendação do Conselho de Estado, o governo holandês está a pôr em prática uma estratégia para reduzir as emissões de azoto, incluindo os seus compostos reactivos como o óxido nitroso (N2O) e o amoníaco (NH3), emitidos pelas vacas e pelo estrume. Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

Oceanos. Presidente da República destaca papel pioneiro de Portugal nas renováveis

“No caso de Portugal, fomos pioneiros em muitos campos, como as renováveis. Quando começámos a substituir outras formas de energia alguns disseram éramos tolos, não éramos, agora queremos antecipar as metas internacionais”.

DGRM vai promover venda de 743 quilos de alabote congelado que foi apreendido

Para participar da venda, cujo valor mínimo é de 2.125 euros, pressupõe-se a prévia aceitação das condições estipuladas e envio de proposta até ao dia 13 de maio de 2022.

Marcelo elogia Cavaco e aponta Conferência dos Oceanos como “oportunidade única”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou esta segunda-feira o seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva, considerando que deu “projeção cimeira ao mar”, e apontou a Conferência dos Oceanos como uma “oportunidade única” para Portugal.
Comentários