América Latina. Marca Brasil é a mais bem vista

O ranking Latin America Country Brand Report 2015 foi elaborado pelo Future Brand e teve como base a opinião de um universo de dois mil pessoas de 15 nacionalidades, com idades entre os 21 e os 65 anos.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A marca Brasil é, pelo segundo ano consecutivo, a líder do ranking Latin America Country Brand Report 2015, uma classificação que mede a perceção da população de outras regiões do mundo em relação a 21 nações latino-americanas e analisa a força das marcas desses países.

O estudo foi elaborado pelo Future Brand e teve como base a opinião de um universo de dois mil pessoas de 15 nacionalidades, com idades entre os 21 e os 65 anos.

De acordo com informação disponibilizada pelo Turismo do Brasil, “a Marca Brasil foi uma vez mais considerada a mais valiosa na região, seguida pela Argentina, México, Chile e Peru.

Os pontos fortes do Brasil, destacados pela população inquirida, são o património e a cultura (80%), o turismo (76%), o made in (produtos manufaturados, 65%) e a atitude para negócios (63%).

Já Cuba foi a revelação do ano, tendo subido quatro posições desde o ano passado e alcançado o 8º lugar. O México, por seu lado, subiu três lugares. Do lado dos entrevistados, os indianos foram os que revelaram uma opinião mais favorável em relação à América Latina.

Para o presidente do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), Vinícius Lummertz, o resultado desta pesquisa reflete a gestão proativa conduzida pela entidade com a Marca Brasil e o esforço contínuo para promover o país nos mercados internacionais: “Sabemos que a perceção de um país influencia diretamente as decisões dos turistas para a escolha dos países para visitar, viver ou investir. O Brasil deve utilizar esta vantagem para ganhar competitividade”.

Criada a partir dos resultados apontados pelo Plano Aquarela, o documento que orienta as ações de promoção turística do país no exterior, a Marca Brasil representa a imagem do Turismo do Brasil e das suas principais qualidades de exportação. Para além disso, a marca traduz a imagem que os turistas internacionais têm do país: multicolorida, refletindo aspetos como a alegria, a sinuosidade, a luminosidade e a modernidade.

O Latin America Country Brand Report, elaborado pelo Future Brand, baseia-se em informação quantitativa fornecida por opiniões fundamentadas de viajantes frequentes (negócio ou lazer) de fora da América Latina (Alemanha, Austrália, China, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Espanha, EUA, França, Índia, Itália, Japão, Reino Unido, Rússia, África do Sul e Turquia).

OJE

Recomendadas

João Gonzalez é um dos cinco nomeados para os Prémios do Cinema Europeu 2022

Com 34 prémios e mais de 90 seleções oficiais de festivais de todo o mundo, o filme de João Gonzalez, “Ice Merchants”, é agora um dos cinco nomeados para os Prémios do Cinema Europeu, na categoria de Melhor Curta-Metragem. A 10 de dezembro serão conhecidos os vencedores.

Premium“O desenho pode ser um ponto de partida para começar uma coleção”

“Os portugueses conhecem os seus artistas, respeitam-nos e valorizam-nos”. Palavra de curadora, que é também diretora da única feira dedicada ao desenho em Portugal. Mónica Álvarez Careaga fala ao JE na identidade muito própria da Drawing Room Lisboa e da sua crescente “portugalidade”, que considera ser o reconhecimento de “várias gerações de excelentes artistas” portugueses.

PremiumSom harmonioso

Desenvolvido em segredo, o Co-Axial Master Chronometer Calibre 1932 é o primeiro movimento de relojoaria do mundo a fundir as funções de cronógrafo e de repetidor de minutos, necessitando do seu próprio “cérebro” mecânico para fazer soar o tempo decorrido.