Animais de estimação vindos da Ucrânia têm registo gratuito na Madeira

Depois de realizados os controlos no Ponto de Entrada dos Viajantes, os animais (cães e gatos) serão mantidos em quarentena no domicílio sob supervisão oficial, desde a sua chegada até finalizado todo o processo de regularização dos mesmos, isto é, até cumprirem com os todos requisitos exigidos.

A Secretaria Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, através da Direção de Serviços de Alimentação e Veterinária, desenvolveu um trabalho com várias entidades públicas e privadas da região autónoma, com o objetivo de isentar de custos as pessoas que venham da Ucrânia acompanhadas dos seus animais de estimação.

Assim, a Direção Regional de Agricultura, atendendo ao facto de que, a nível nacional, serão admitidas as entradas de animais de companhia, sem que se verifique o cumprimento de todos os requisitos legalmente exigíveis, criou um procedimento completamente gratuito para estes animais, que inclui a identificação eletrónica, registo, vacinação antirrábica e a titulação de anticorpos da raiva de modo a alcançar a regularização sanitária dos animais vindos da Ucrânia.

Tal procedimento foi um trabalho fruto da parceria com todos os Centros de Atendimento Médico Veterinários da Madeira, o Laboratório Regional de Veterinária e Segurança Alimentar, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, o Sistema de Informação de Animais de Companhia, a Comércio de Medicamentos e Produtos Veterinários, a Campifarma e a ZOETIS, sob vigilância clínica por parte dos Serviços Veterinários da Direção de Serviços de Alimentação e Veterinária.

Depois de realizados os controlos no Ponto de Entrada dos Viajantes, os animais (cães e gatos) serão mantidos em quarentena no domicílio sob supervisão oficial, desde a sua chegada até finalizado todo o processo de regularização dos mesmos, isto é, até cumprirem com os todos requisitos exigidos.

“Só com a estreita colaboração e o espírito solidário de todas as entidades intervenientes é que foi possível implementar um procedimento aplicável aos animais em questão e contribuir para a preservação do estatuto sanitário da nossa Região, e, por conseguinte, do nosso país, relativamente à raiva, de forma gratuita, ajudando assim os cidadãos ucranianos detentores de animais de companhia vítimas deste conflito”, explicou a diretora de serviços de Alimentação e Veterinária, Filipa Delgado.

Recomendadas

Reino Unido, EUA, Canadá e Japão proíbem importações de ouro russo

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, afirmou, num comunicado, que “estas medidas atingirão diretamente os oligarcas russos e irão até ao coração da máquina de guerra de Putin”.

Zelensky vai pedir ao G7 mais apoio militar face a “chuva de mísseis” russos

O presidente ucraniano afirma que o país “precisa mais do que qualquer outro lugar do mundo” dos “sistemas modernos” de defesa militar que fazem parte dos arsenais de vários países ocidentais.

Explosões atingem a capital da Ucrânia de madrugada

As explosões terão ocorrido no distrito de Shevchenkivsky, onde os serviços de emergência foram resgatar e evacuar os moradores, avançou o autarca na plataforma Telegram.
Comentários