Antigo ministro das Finanças moçambicano detido na África do Sul

Manuel Chang foi detido na sequência de um mandado de captura internacional emitido pelos Estados Unidos da América em 27 de dezembro, sob acusações de fraude e lavagem de dinheiro, informou hoje fonte da embaixada sul-africana, citada pelo canal televisivo STV.

O antigo ministro das Finanças moçambicano e atual deputado pelo partido no poder Manuel Chang foi detido no sábado na África do Sul, acusado de lavagem de dinheiro e fraude financeira, disse hoje a embaixada de Moçambique em Pretória.

Manuel Chang foi detido na sequência de um mandado de captura internacional emitido pelos Estados Unidos da América em 27 de dezembro, sob acusações de fraude e lavagem de dinheiro, informou hoje fonte da embaixada sul-africana, citada pelo canal televisivo STV.

De acordo com o jornal eletrónico “Carta de Moçambique”, os norte-americanos já pediram a extradição do antigo ministro moçambicano e atual deputado na Assembleia da República pelo partido no poder, Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo).

Manuel Chang foi ministro das Finanças de Moçambique durante a governação de Armando Guebuza, entre 2005 e 2010.

A Lusa contactou o porta-voz da Polícia da República de Moçambique, Inácio Dina, que disse que a corporação ainda não recebeu uma informação oficial.

Manuel Chang foi ministro da Economia e Finanças de Moçambique durante o período em que o país contraiu as chamadas dívidas ocultas, entre 2013 e 2014.

Recomendadas

União Europeia, G7 e Austrália limitam barril de petróleo russo a 60 dólares

Os 27 estados-membros da UE chegaram a acordo, esta sexta-feira, no estabelecimento de um teto máximo para o preço do petróleo russo nos 60 dólares por barril. Os sete países mais industrializados do mundo (G7) e a Austrália juntam-se na decisão.

Imigrantes do Bangladesh denunciam extorsão para obter vistos para Portugal

Um dos problemas para os bengalis está no facto de não existir representação diplomática portuguesa no seu país, o que os força a terem que recorrer à vizinha Índia. Entre Daca, capital do Bangladesh, e Nova Deli, capital da Índia, distam mais de 1.800 quilómetros.

Governo italiano aprova envio de armas à Ucrânia para todo o ano de 2023

O Governo italiano aprovou um decreto prolongando o fornecimento de ajuda, incluindo armamento, à Ucrânia para todo o ano de 2023.
Comentários