António Carrapatoso deixa cargo na Vodafone Portugal no fim deste ano

António Carrapatoso encerra em 31 de Dezembro de 2014 o mandato de Chairman da Vodafone Portugal (Presidente não executivo do Conselho de Administração), funções que exercia desde 2009, indo dedicar-se inteiramente a outros projetos de cidadania, profissionais e empresariais. Fundador da Telecel (mais tarde, Vodafone Portugal), seu primeiro colaborador e Presidente executivo, António Carrapatoso coordenou, […]

António Carrapatoso encerra em 31 de Dezembro de 2014 o mandato de Chairman da Vodafone Portugal (Presidente não executivo do Conselho de Administração), funções que exercia desde 2009, indo dedicar-se inteiramente a outros projetos de cidadania, profissionais e empresariais.

Fundador da Telecel (mais tarde, Vodafone Portugal), seu primeiro colaborador e Presidente executivo, António Carrapatoso coordenou, em 1990/91, a elaboração de uma candidatura concorrente à atribuição da segunda licença de telecomunicações móveis (GSM) em Portugal. Esta candidatura destacou-se, como vencedora, entre as de sete outros concorrentes, tendo-lhe sido formalmente concedida em 18 de Outubro de 1991 a licença para operar uma segunda rede de telecomunicações móveis em Portugal.

António Carrapatoso deixou de exercer o cargo de Presidente executivo da Vodafone Portugal no final de 2009, mantendo-se desde então apenas como Chairman não executivo, o que lhe permitiu lançar os seus próprios projetos empresariais e de cidadania. Este período de transição, inicialmente previsto para dois anos, prolongou-se até agora, quando finda mais um mandato.

As funções de Chairman, até agora desempenhadas por António Carrapatoso, passarão a ser, por acumulação, da responsabilidade do atual Presidente executivo da Vodafone Portugal, Mário Vaz.

Para António Carrapatoso, esta ligação à Vodafone Portugal constituiu “cerca de 25 anos dedicados a um dos projetos mais entusiasmantes e com maior dimensão e impacto no sector das Telecomunicações e na própria economia portuguesa”. E afirma que vai “iniciar, agora, também com o mesmo entusiasmo, novas etapas na minha vida empresarial e profissional”.

Ao deixar as funções de Chairman, António Carrapatoso expressa o apreço e faz votos das maiores felicidades e progressos para a Empresa e para os que com ele “colaboraram ao longo de tantos anos”.

 

Recomendadas

Patrões vão ter majoração em 50% dos custos com aumentos salariais no IRC

No âmbito do acordo de rendimentos, o Governo decidiu propor aos parceiros sociais uma majoração em 50% dos custos com a valorização salarial em IRC. Patrões têm reclamado, note-se, medidas mais transversais.

Governo propõe reforço do IRS Jovem. Isenção sobe para 50% no primeiro ano

Jovens vão passar a ter um desconto fiscal maior, no início da sua carreira. IRS Jovem passará a prever uma isenção de 50%, em vez de 30%, no primeiro ano.

Governo quer atualizar os escalões do IRS em 5,1% em 2023

O Governo decidiu rever em alta o referencial dos aumentos salariais, puxando-o para o valor do aumento da massa salarial da Função Pública: 5,1%. Será esse o número que será usado para atualizar os escalões do IRS.