António Costa convida secretário-geral da NATO a visitar Portugal

A organização está numa fase de reaproximação aos países da Europa, depois de quatro anos em que Donald Trump, pouco interessado em multilateralismos, fez crescer a tensão no seu interior.

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta quinta-feira ter convidado o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), Jens Stoltenberg, para visitar Portugal e inaugurar a academia de cibersegurança da Aliança.

“Aproveitei para convidar o secretário-geral para visitar a Portugal, designadamente para inaugurar a academia de cibersegurança que a NATO tem em Lisboa e que aguarda pela sua visita para poder ser devidamente inaugurada, apesar de estar já em funcionamento”, anunciou António Costa, falando à imprensa depois de uma visita à sede da Aliança Atlântica em Bruxelas.

Na visita, o chefe de Governo português manifestou também o “empenho contínuo de Portugal nas missões da NATO” e abordou as “oportunidades que se abrem para estreitamento das relações transatlânticas”.

António Costa demonstrou ainda “preocupações sobre as tensões no Mediterrâneo”, destacando a “importância que a NATO pode ter para ultrapassar este conflito” – que estará esta tarde em destaque na Cimeira Europeia. Mas o certo é que a NATO se tem mantido afastada do conflito, até porque tanto a Turquia como a Grécia fazem parte da organização.

Para os analistas, a NATO está neste momento a passar por uma fase de readaptação – que não só é tradicional quando mudam as presidências nods Estados Unidos, mas também porque a prestação do anterior presidente, Donald Trump, ao longo dos últimos quatro anos foi muito impactante na NATO.

Trump decidiu desde a primeira hora que a NATO seria uma zona de tensão entre os Estados Unidos e os seus parceiros europeus – e a organização acabou por sentir as tensões que se verificaram a partir daí. A partir da primeira cimeira da NATO onde Trump participou, à Europa tornou-se evidente que o multilateralismo não fazia parte da agenda da Casa Branca.

Assi, no final de quatro anos, a NATO está agora a tentar voltar a ocupar o lugar que sempre teve em termos da relação de forças entre os Estados Unidos e a Europa.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Sentimento económico na Alemanha deteriora-se em setembro

O declínio do sentimento económico está a afetar os quatro setores da economia, com as empresas a avaliarem os seus negócios atuais como claramente piores.

Seis mortos e 20 feridos num tiroteio em escola na Rússia

“Hoje, a polícia recebeu um relatório sobre um tiroteio na Escola 88 em Izhevsk”, anunciaram os agentes de autoridade russos.
Comentários