António Costa Silva nunca se reuniu com presidente da Agência Nacional de Inovação (com áudio)

Falta de reuniões entre os dois organismos contribuiu para a decisão de Joana Mendonça em demitir-se da ANI.

Cristina Bernardo

O ministro da Economia, António Costa Silva, nunca se reuniu com a presidente da Agência Nacional de Inovação (ANI) durante o período de um ano, adianta o “Jornal de Negócios” esta quinta-feira. A única exceção, de acordo com a publicação, foi uma conversa entre Costa Silva e Joana Mendonça – que renunciou ao cargo na segunda-feira – em março de 2022, logo após a tomada de posse do ministro.

A falta de reuniões entre os dois organismos contribuiu para a decisão de Joana Mendonça em demitir-se da ANI. Tal como o “Negócios” refere, citando uma entrevista de Costa Silva ao “Público”, as questões na carta de renúncia da presidente demissionária da ANI “não foram levantadas nas reuniões mantidas com o secretário de Estado da Economia, Pedro Cilínio”, o que indica que o ministro da Economia nunca se terá reunido com a diretora.

Na carta de renúncia ao cargo, Joana Mendonça alegou falta de condições para exercer o cargo em que se mantinha e acusou uma “crescente dificuldade de receber orientações da tutela, designadamente em matérias de crucial importância para a Agência”, evidenciando a falta de aprovação da proposta de Plano de Atividades em Orçamento da ANI para 2023, “sem o qual a ANI não pode desenvolver as suas atividades de forma regular”.

Relacionadas

Agência de Inovação: IL quer ouvir presidente demissionária e ministros após “acusações graves”

A presidente da Agência Nacional de Inovação demitiu-se esta segunda-feira, queixando-se de uma “crescente dificuldade de receber orientações da tutela” e de “falta de interação” com os Ministérios da Economia e do Ensino Superior sobre matérias que “têm claro impacto no desenvolvimento e promoção de políticas públicas de inovação”. Iniciativa Liberal considera as acusações “graves” e quer ouvir presidente demissionária e ministros.
Recomendadas

Anafre reitera ter parecer que permite ainda a freguesias pedir a desagregação

O autarca disse que a Anafre não foi informada do número concreto de freguesias que pediram ao parlamento para reverter a reforma da chamada “lei Relvas”.

Crise da Inflação: Presidente do Governo dos Açores diz que medidas não devem “excluir” a região

O presidente do Governo açoriano referiu que tem vindo a alertar para esta necessidade nas reuniões do Conselho de Estado e no diálogo que mantém com o primeiro-ministro, António Costa.

Marcelo antevê “meses decisivos” antes de períodos eleitorais nos EUA e na Europa

O chefe de Estado português referiu que “a inflação continua muito alta” e que “na Europa o crescimento está muito lento”.
Comentários