PremiumAnturio revela os segredos para ser um ‘great place to work’

A Anturio foi considerada a melhor empresa para trabalhar em Portugal. Aposta na formação e pacotes salariais atrativos são algumas das estratégias utilizadas.

A Anturio volta a ser destaque no panorama empresarial regional ao ser considerada, pela Great Place to Work, a melhor empresa para trabalhar em Portugal, na categoria de empresas até 50 colaboradores.

A chave do sucesso? Equipas altamente motivadas, pacotes salariais competitivos, programas de formação, são apenas alguns dos motivos que justificam o bom desempenho empresarial, diz a diretora de Recursos Humanos (HR Diretor), Joana Santos.

Joana Santos reforça que o maior ativo está nas pessoas. A HR Diretor considera que a empresa possui “equipas altamente motivadas e disponíveis para dar o melhor de si”, a que se junta uma política empresarial que procura “adotar as melhores práticas de gestão de recursos humanos” praticadas no mercado.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 2 de dezembro.

Recomendadas

PremiumPatrões querem que todas as despesas de teletrabalho fiquem isentas de IRS

Governo estuda fixar um valor até ao qual as despesas de teletrabalho estão livres de IRS. Patrões consideram positivo, mas avisam: ideal seria todos os pagamentos estarem isentos.

PremiumTaxa dos sacos de plásticos rende 2,1 milhões em sete anos

Receita arrecadada com a contribuição sobre os sacos de plástico leves nunca chegou sequer perto da estimativa do Governo. Retalhistas mudaram gramagem dos sacos, escapando à tributação.

PremiumSem alternativas ao plástico, retalho recusa fim dos sacos ultraleves

A partir de junho, está proibida a disponibilização de sacos de plástico ultraleves para embalamento ou transporte de pão, frutas e legumes. A APED contesta-o, frisando que não há alternativas adequadas.
Comentários