Anúncio da Fed pressiona Europa. PSI 20 não foge à regra, com CTT a liderar as perdas

O principal índice bolsista português perde 1,01%, para 4.696,02 pontos.

O principal índice bolsista português, PSI 20, perde 1,01%, para 4.696,02 pontos, esta quinta-feira, em linha com as principais praças europeias que reagem negativamente ao anúncio da Reserva Federal dos EUA (Fed) que prevê mais duas subidas dos juros em 2019, após quatro subidas este ano.

Na quarta-feira, após o fecho dos mercados, Jerome Powell, presidente da Fed, desanimou os investidores que esperavam uma redução no ritmo de subida dos juros, quiçá uma pausa. A decisão prejudicou Wall Street e os mercados asiáticos. Hoje, a Europa não foi exceção

Entre as principais praças europeias, o alemão DAX cai 0,83%, o britânico FTSE perde 0,21%, o francês CAC 40 tomba 1,26%, o holandês AEX recua 1,39%, o espanhol IBEX 35 desce 0,87% e o italiano FTSE MIB desvaloriza FTSE MIB 1,01%.

Jerome Powell também não se mostrou preocupado com a volatilidade dos mercados, o que contribui para a underperformance das praças europeias. “Não olhamos para nenhum mercado em particular”, disse.

As declarações de Powell também pressionaram o dólar: entre as divisas, o euro aprecia 0,84%, para 1,14 dólares.

Outro factor a desanimar os mercados reside no principal índice das commodities: o Brent, negociado em Londres e que é referência para Portugal, quebra 3,23%, para 55,39 dólares, e o WTI, negociado em Nova Iorque, tomba 3,22%, para 46,62 dólares.

Em Lisboa, a cotação do barril pressiona as ações da Galp Energia, numa sessão em os CTT lideram as perdas. A petrolífera portuguesa cai 1,68%, para 13,74 euros.

Já os CTT tombam 3,12%, para 3,04 euros, depois de ter sido noticiado que a operadora de distribuição postal deverá terminar o ano com popuanças de 14 milhões de euros, um terço do valor proposto até 2020. Nesse ano o impacto do plano no EBITDA atingirá 45 milhões de euros, embora a melhoria da rede das lojas CTT estejam aquém das expetativas.

As empresas cotadas Mota-Engil (-2,08%) e Navigator (-2,12%) lideram as perdas, logo atrás dos CTT.

Mas o destaque do meio da sessão é a cotação da EDP, após ter vendido 100% da EDP Small Hydro a uma empresa gerida pela Aquila Capital. A empresa liderada por António Mexia recua 0,52%, para 7,62 euros.

O negócio, cujo preço de transação corresponde a um enterprise value de 164 milhões de euros, já foi comunicado à CMVM.

A Small Hydro detém 7 centrais mini-hídricas e 100% do capital da Pebble Hydri-Consultoria, Investimentos e Seviços, Lda, que por sua vez, detém 14 centrais mini-hídricas

Em contraciclo, apenas BCP e Ibersol negoceiam em terreno positivo.

[Dados das 11h49]

Relacionadas

Reserva Federal deverá fazer duas subidas nas taxas de juro em 2019, segundo o ‘dot plot’

O gráfico que sinaliza as intenções dos membros do Comité Federal de Mercado Aberto aponta para dois aumentos na ‘federal funds rate’ em 2019, após o banco central norte-americano ter confirmado a quarta e última subida deste ano.

Powell: “Percurso ligeiramente mais modesto para as taxas deverá apoiar a economia”

O presidente da Fed falou sobre alguns sinais de abrandamento e afirmou que “a economia irá crescer de uma forma que irá requerer dois aumentos durante o ano” ao invés das três subidas previstas anteriormente.

“Nada nos vai impedir de fazer a coisa certa”, garante Powell, sobre pressões de Trump

Em conferência de imprensa, após anunciar a quarta subida das taxas de juro deste ano e sinalizar suavização no ritmo de aumento no próximo, o líder da Reserva Federal garantiu a independência face ao poder político, em resposta às críticas do presidente norte-americano.
Recomendadas

OPEP+ deverá anunciar corte na produção de petróleo na próxima reunião

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os seus aliados está a considerar um corte na produção de petróleo de mais de um milhão de barris por dia na quarta-feira, naquela que será a primeira reunião presencial desde o início da pandemia.

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 
Comentários