APAVT convida a debater “Turismo: partilhar o futuro”

Já se conhece o tema central da 41ª edição do Congresso Nacional da APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, com arranque agendado para 3 de dezembro próximo, no Salgados Palace & Congress Center, unidade da NAU Hotels & Resorts. Em torno da temática “Turismo: partilhar o futuro”, a APAVT, em parceria […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Já se conhece o tema central da 41ª edição do Congresso Nacional da APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, com arranque agendado para 3 de dezembro próximo, no Salgados Palace & Congress Center, unidade da NAU Hotels & Resorts.

Em torno da temática “Turismo: partilhar o futuro”, a APAVT, em parceria com a RTA – Região de Turismo do Algarve, convida os mais de 500 participantes esperados, a debater e refletir sobre o futuro “do turismo e do próprio país”, porque, tal como também afirmou Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT na apresentação da temática e da imagem do congresso, esta iniciativa “é muito mais do que uma ação dos agentes de viagem, é o grande evento dos stakeholders do turismo”.

Durante quatro dias, oradores nacionais e internacionais abordarão, adotando o fio condutor da própria associação – uma visão eclética, com a participação de todos os intervenientes, sobre o turismo no seu todo – o futuro de Portugal, enquanto destino turístico e particularmente do Algarve, enquanto principal destino do turismo português; o futuro do transporte aéreo, com especial enfoque para a transportadora área nacional (TAP) que nesta data, com o processo de privatização concluído, deverá estar em condições de revelar a nova estratégia; e ainda, o futuro da economia partilhada, conceito que assume especial relevância na medida em que traduz a essência do evento.

Esta apresentação ficou ainda marcada pelas presenças de Desidério Silva, presidente da Região de Turismo do Algarve e de Mário Ferreira, CEO da Nau Hotels & Resorts, principais parceiros, que, consensualmente, evidenciaram a importância de que se reveste o congresso que, apesar de apontar para cenários futuros, assentará no presente. E a atualidade, em matéria de turismo em Portugal, passa por claros sinais de recuperação, especialmente da confiança e do consumo.

Sónia Bexiga/OJE

Recomendadas

PremiumEUA e zona euro vão ter uma “aterragem dura” na pista da recessão no próximo ano

A subida das taxas de juro para controlar a inflação vai ter forte impacto na economia em 2023. Alemanha afunda acima da média, com China a crescer acima do previsto.

PremiumJoão Caiado Guerreiro: “Os vistos gold têm sido extremamente positivos para o país”

Área de Imigração deverá continuar a ser das mais dinâmicas da Caiado Guerreiro, apesar do anunciado fim dos vistos ‘gold’. Processo para cobrar cinco milhões de euros em honorários à Pharol vai a julgamento em fevereiro.

Custo de cabaz alimentar de bens básicos aumentou 21% para adultos num ano, diz BdP

O banco central revela que entre outubro de 2021 e outubro de 2022, o custo mensal médio e mediano de um cabaz básico de consumo alimentar para um adulto com cerca de 40 anos aumentou 21% e 24%, respetivamente.