APB promove Open Day na banca para ensinar jovens a poupar e investir

“Ao longo da semana, iremos realizar dois webinars destinados aos alunos do ensino secundário e profissional sobre as opções de investimento disponíveis para quem quer começar a investir e os cuidados a ter na contratação destes produtos online”, anuncia a Associação Portuguesa de Bancos.

Arranca esta segunda-feira mais uma Semana Mundial do Investidor e, enquanto parceiro desta iniciativa, a Associação Portuguesa de Bancos (APB) vai promover, pelo quinto ano consecutivo, o Open Day na banca, este ano dedicado aos mais jovens.

“Este ano as sessões de esclarecimento do Open Day serão dedicadas aos jovens, em particular àqueles que pretendem começar a poupar ou investir, e querem fazê-lo de forma sustentável”, refere a instituição liderada por Vítor Bento.

“Ao longo da semana, iremos realizar dois webinars destinados aos alunos do ensino secundário e profissional sobre as opções de investimento disponíveis para quem quer começar a investir e os cuidados a ter na contratação destes produtos online”, anuncia a APB.

Na primeira sessão de esclarecimento, promovida por Steven Santos do Banco BIG, o tema são as várias soluções de investimento disponíveis no mercado, para quem quer começar a aplicar o seu dinheiro de forma sustentável.

“Iremos abordar as opções de poupança mais conservadoras, como os depósitos ou certificados de aforro, passando pelas mais complexas, como os fundos de investimento, sem esquecer as virtuais, como os criptoativos”, refere a APB que adianta que nesta sessão procura ainda sensibilizar os mais jovens para as especificidades de cada um destes produtos e para os riscos e cuidados a ter na sua contratação.

Na segunda sessão de esclarecimento, Duarte Pupo Correia, do Novobanco, vai falar sobre “as tentativas de fraude – como o Phishing ou o Malware – que podem ocorrer quando estamos online, seja a fazer uma compra ou pagamento, a navegar nas redes sociais ou ir ao banco”.

“Nesta sessão, iremos ainda transmitir alguns conselhos e boas práticas que os mais jovens devem adotar, de modo a evitarem ser vítimas de fraude, sempre que utilizam os canais digitais”, acrescenta a APB.

Recomendadas

Montepio aumenta para 1,25 mil milhões a emissão de obrigações hipotecárias que vencem em 2026

Na prática, é um reforço da emissão, mas em concreto o banco liderado por Pedro Leitão anuncia a ficha de uma nova emissão de 750 milhões de euros que são fungíveis com os 500 milhões já emitidos, pelo que no final a emissão total sobe para 1.250 milhões de euros.

“Falar Direito”. “Diploma da renegociação cria ónus sobre bancos que têm crédito à habitação”

O advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, explica quais são, na sua perspetiva, os dois principais problemas associados ao novo diploma relativo à renegociação de créditos.

Renegociação de créditos: o que muda com a nova lei? Ouça o “Falar Direito”

O advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, explica o que muda para consumidores e banca com a entrada em vigor do novo diploma relativo à renegociação de créditos.
Comentários