Aplicação da IT People Innovation vence Santa Casa Challenge

Além da ‘app mobile’ Visitar, a VR4Neuropain, na área da Saúde, o Heptasense, de Ação Social, e a Tech4 Social Change, de Património e Economia Social, foram as ideias que convenceram o júri do concurso.

Decorreu ontem a entrega dos prémios do concurso de inovação social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). “Há gente à espera destes projetos que podem fazer a diferença na vida das pessoas. Portugal precisa destas respostas como de pão para a boca”, afirmou o provedor da SCML, Pedro Santana Lopes.

A aplicação mobile Visitar, desenvolvida pela Tandem Innovation, startup spin-off da IT People Innovation, foi a galardoada na área de Cultura, com o propósito de criar uma maior ligação entre as pessoas e o património.

Com esta aplicação é possível interagir com hologramas ao longo do percurso do museu ou exposição, explorar artefatos com imagens e modelos 3D, aceder a conteúdos exclusivos, como vídeos a partir de uma pintura, ou até mesmo ganhar visão Raio-X e descobrir o interior dos elementos em exposição ou de um monumento.

Estas interações transformam a vivência do museu ou património numa experiência única e memorável. As peças de um museu ou a fachada de um edifício podem agora ganhar vida, viajar no tempo e interagir com cada visitante.

Após ser eleita como um dos três projetos finalistas do concurso, na área da Cultura, a empresa fez o seu Pitch final, que lhe valeu um prémio de cinco mil euros e um Alpha Pack para a Web Summit 2017, no valor de 1 950 euros.

Além desta aplicação, foram, também, eleitas vencedoras mais três soluções tecnológicas nas áreas de Saúde (VR4Neuropain, que se trata de solução integrativa de realidade virtual para o tratamento da dor neuropática), de Ação Social (Heptasense, um tradutor de linguagem gestual) e do Património e Economia Social (Tech4 Social Change, plataforma que utiliza a tecnologia para resolver os problemas das organizações sociais).

“É muito bom assistir a esta cerimónia, é muito bom ver a Misericórdia de Lisboa a dar passos importantes na investigação e na inovação”, frisou o provedor.

Além de Pedro Santana Lopes e do vice-provedor, Edmundo Martinho, a cerimónia contou com a presença da administradora da Saúde, Helena Lopes da Costa, do administrador dos Recursos Humanos, Ricardo Alves Gomes, do administrador da Ação Social, Sérgio Cintra, e de Alexandra Rebelo, diretora do Departamento de Empreendedorismo e Economia Social.

Recomendadas

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.

Networkme recebe um milhão de euros para expandir negócio na Península Ibérica

O financiamento foi liderado pela sociedade de capital de risco Big Sur Ventures, que conta com a participação do banco espanhol Bankinter, através da Fundação Inovação Bankinter.

Airbnb. Anfitriões em Lisboa ganharam mais de 11 milhões com a Web Summit desde 2016

O ano passado, um anfitrião típico em Lisboa ganhou em média 400 euros. Nos quatro dias do evento de tecnologia, que regressa à capital portuguesa no próximo mês, foram acolhidos 11 mil hóspedes.
Comentários