Apple Music chega a 6,5 milhões de utilizadores pagantes

O novo serviço de streaming de música da Apple chegou à cifra de 6,5 milhões de utilizadores pagantes, garante o presidente-executivo da empresa, Tim Cook. Numa intervenção efetuada numa conferência de tecnologia organizada pelo jornal The Wall Street Journal na Califórnia, Tim Cook referiu que um grupo adicional de 8,5 milhões de pessoas estão a […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

O novo serviço de streaming de música da Apple chegou à cifra de 6,5 milhões de utilizadores pagantes, garante o presidente-executivo da empresa, Tim Cook.

Numa intervenção efetuada numa conferência de tecnologia organizada pelo jornal The Wall Street Journal na Califórnia, Tim Cook referiu que um grupo adicional de 8,5 milhões de pessoas estão a participar num teste gratuito do serviço Apple Music. Assim, este serviço passou a ter mais de 15 milhões de utilizadores no total, o que Tim Cook descreveu como uma estreia de sucesso.

Lançado em junho, a Apple Music representa uma tentativa da empresa em transpor a sua primazia da música digital da sua loja iTunes para a era do streaming de música, de plataformas pioneiras como o Spotify e outros. A Apple está a permitir que os utilizadores testem o seu serviço sem encargos por 90 dias.

OJE

 

Recomendadas

Inflação pode retirar competitividade às empresas portuguesas

Responsável da Fundação AIP considera que os custos nos transportes, aliados ao atual quadro político poderá levar a que esta não seja a melhor altura para o sector empresarial se expandir para os mercados mais longínquos. Investir na vertente digital é outro dos desafios.

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.