Apps. mytaxi chega a Lisboa

A aplicação mytaxi que permite pedir e pagar um táxi através de um smartphone chegou esta quinta-feira a Lisboa. Numa primeira fase, até ao final do ano, os utilizadores da aplicação terão um desconto de 50% nas viagens.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A aplicação mytaxi chegou esta quinta-feira a Lisboa. Através desta app para smartphone é possível chamar e pagar táxis. Até ao final do ano, os utilizadores da aplicação terão um desconto de 50% nas viagens.

Com mais de 10 milhões de downloads – o equivalente à população total de Portugal – beneficiam das vantagens mytaxi em mais de 40 cidades a nível mundial, refere comunicado da empresa,

Segundo a informação disponibilizada esta tarde, a mytaxi pretende contribuir  para a mobilidade urbana da capital portuguesa, através da transformação do setor do táxi. O objetivo da mytaxi é unificar e globalizar a forma como pedimos um táxi, apostando na mobilidade sustentável e eficiente”.

A mytaxi foi lançada em 2009 na Alemanha é foi a primeira aplicação de táxis a conectar passageiros com os táxis mais próximos, em qualquer lugar.

A mytaxi integra a moovel, uma subsidiária da Daimler AG, desde setembro de 2014. A moovel planeia acelerar a expansão internacional da mytaxi e intensificar o desenvolvimento colaborativo do produto na área da mobilidade avançada.

“A tecnologia pioneira da mytaxi permite que os utilizadores possam conhecer o perfil do motorista de táxi, ver as avaliações de outros utilizadores e pagar através do smartphone, tornando todo o processo de pedido de um táxi mais conveniente, transparente e fácil. A aplicação mytaxi está disponível para iOS, Android, Windows Phone e Blackberry.

Antonio Cantalapiedra, CEO da mytaxi para Portugal e Espanha, está muito satisfeito com a chegada da mytaxi a Lisboa: “Os lisboetas estavam à espera de um serviço transparente e agora podem beneficiar de uma forma conveniente de pedir um táxi através de uma app, podendo escolher o seu motorista de táxi favorito e, dessa forma, transformar e dar um toque mais pessoal às suas viagens de táxi.“

Para que os motoristas de táxi possam aderir à plataforma, a mytaxi estabelece elevados padrões de qualidade, determinando que os veículos têm de estar em perfeitas condições e os motoristas têm de ser entrevistados e assistir a uma sessão de formação específica.

Vera Falcão, City manager da mytaxi, afirmou: “a qualidade do nosso serviço é o que nos diferencia de outras empresas e é o que os nossos clientes valorizam acima de tudo: táxis limpos e um trato educado por parte dos motoristas. Os smartphones podem ter um impacto enorme na mobilidade urbana. Na mytaxi queremos repensar e reformular a forma como são efetuadas as viagens de táxi. Os passageiros e os motoristas querem soluções convenientes, transparentes e desenhadas de acordo com as suas necessidades. Nós queremos dar resposta a esses anseios.”

Até ao final do ano, os utilizadores da aplicação terão um desconto de 50% em todas as viagens. Para beneficiar desta promoção, os utilizadores apenas têm de descarregar a app, registar-se e selecionar a funcionalidade de pagamento através da aplicação e o desconto será aplicado automaticamente.

OJE

Recomendadas

Business Roundtable crítica complexidade da redução do IRC para aumentos salariais em 2023

A Associação Business Roundtable Portugal (BRP), constituída por empresas e grupos empresariais relevantes em Portugal e liderada por Vasco de Mello, fez um comentário ao Orçamento do Estado para 2023. O destaque vai para as críticas à complexidade do incentivo no IRC às empresas que aumentem os salários.

H&M vai cortar 1.500 postos de trabalho

“O programa de corte de custos e aumento da eficiência que iniciámos envolve a reestruturação da organização”, disse a presidente executiva da multinacional, Helena Helmersson.

Greve dos trabalhadores da CP suprimiu 143 comboios até às 08:00 (com áudio)

Os trabalhadores da CP – Comboios de Portugal cumprem hoje uma greve de 24 horas, em conjunto com os trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP), com a CP e a Fertagus a preverem perturbações na circulação.