APS apresenta declaração amigável digital

O serviço apresentado pela APS é completamente gratuito e está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

A APS apresentou a aplicação móvel que simplifica declaração amigável em caso de acidente. A aplicação móvel foi apresentada esta quarta-feira, 30 de novembro, no Centro Cultural de Belém, através do presidente José Galamba de Oliveira e Maria Manuel Silva, diretora de Comunicação e Apoio ao Mercado. 

As companhias de seguros consideram que as declarações amigáveis digitais vêm simplificar a vida aos clientes. A partir da e-Segurnet é possível preencher e consultar os dados pessoais do utilizador e dos veículos. Na plataforma podem ser incluídos veículos pessoais, de trabalho, e de outros membros do agregado familiar.

A Lusitania seguros acaba de comunicar às redacções que aderiu às duas iniciativas tecnológicas da Associação Portuguesa dos Seguradores (APS), que pretendem libertar os clientes de burocracia, substituindo as tradicionais declarações amigáveis.

Com o E-Segurnet, os clientes Lusitania vão poder preencher declarações amigáveis, em caso de acidente automóvel, através do seu smartphone.

A nova Declaração Amigável de Danos por Água (DADA) vai estar disponível a partir de 1 de Dezembro.

Esta nova declaração amigável, à semelhança do que já acontece no ramo automóvel, é preenchida pelos segurados intervenientes no sinistro.

A Lusitania aderiu ao protocolo para a Regularização de Sinistros de Danos por Água em Edifícios em Regime de Propriedade Horizontal (DPA), da APS, que vem simplificar a participação destes sinistros ao abrigo de apólices de Multirriscos, agilizando assim o processo de reparação dos danos pelos seguradores.

 

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários