ASAE apreende cerca de 30 mil artigos contrafeitos e instaura 23 processos-crime

As ações de ações de fiscalização, realizadas nas últimas duas semanas em Lisboa, Leiria, Porto, Tagilde, Guimarães, Palmela, Cascais, foram direcionadas a armazenistas, venda ambulante, estabelecimentos físicos de venda direta ao público e ainda páginas de redes sociais com oferta de produtos online.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou 23 processos crime por venda, circulação ou ocultação de produtos contrafeitos e apreendeu quase 30 mil artigos em ações de fiscalização realizadas em diversas cidades.
Em comunicado, a ASAE adianta hoje que os 29.718 artigos contrafeitos apreendidos, nomeadamente calçado desportivo, malhas, cintos, malas e carteiras, acessórios de moda, óculos, relógios e perfumes, têm um valor de 330 mil euros.
Os inspetores apreenderam também dois mil euros em dinheiro.
As ações de ações de fiscalização, realizadas nas últimas duas semanas em Lisboa, Leiria, Porto, Tagilde, Guimarães, Palmela, Cascais, foram direcionadas a armazenistas, venda ambulante, estabelecimentos físicos de venda direta ao público e ainda páginas de redes sociais com oferta de produtos online.
Relacionadas

Deco: Marcação CE é” falsa garantia” de segurança para os consumidores

A Associação de Defesa do Consumidor alerta que esta indicação não significa que o produto foi testado e aprovado pela Comissão Europeia. Existem produtos com essa marcação que são perigosos e estão à venda. É o caso dos termoventiladores, esquentadores e até brinquedos.

Secretário de Estado do Comércio: “Estamos a reforçar a pedagogia junto das pequenas empresas”

Secretário de Estado do Comércio faz o balanço dos dois anos de mandato.

ASAE apreendeu 650 brinquedos em operação de fiscalização de segurança

A ASAE apreendeu 650 brinquedos, num valor de cerca de 4.000 euros, numa operação de fiscalização realizada em todo o país para verificar a sua segurança, na aproximação à época do Natal, anunciou hoje aquela autoridade.

ASAE instaura 39 processos de contraordenação devido à Black Friday

Segundo o Portal da Queixa, as principais visadas nestas queixas foram as lojas Worten, Media Markt e El Corte Inglés devido à “elevada procura” de produtos na área da tecnologia.
Recomendadas

Imigrantes do Bangladesh denunciam extorsão para obter vistos para Portugal

Imigrantes do Bangladesh denunciaram que são forçados a comprarem “por debaixo da mesa” vagas para serem atendidos na empresa que prepara os pedidos de vistos para Portugal.

Comissão Independente vai apresentar relatório sobre abusos na Igreja em fevereiro

O relatório da Comissão Independente para o Estudo de Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica Portuguesa vai ser apresentado no próximo dia 16 de fevereiro, às 10h00, em Lisboa, adiantou o coordenador Pedro Strecht.

Greve nos consulados, embaixadas, missões diplomáticas e centros culturais de Portugal no estrangeiro

O Sindicato fala de “empobrecimento”, acusa o Governo de não ter dado até agora quaisquer garantias, o que não deixa alternativa a não ser a greve, que tem início dia já na próxima segunda-feira, 5 de dezembro.
Comentários