Assista amanhã às 15h à JE editors Talks: Indústria Aeroespacial

Saiba que desafios enfrenta o setor aeroespacial em Portugal e que objetivos ambiciosos se colocam para o futuro, numa conversa em direto a que poderá assistir esta sexta-feira.

 

O céu nem sempre é o limite. O setor aeroespacial português é jovem mas ambicioso: a estratégia nacional ambiciona aumentar o volume de negócio desta indústria para 500 milhões de euros até 2030. E apesar de Portugal não ser um pólo da exploração espacial, as empresas nacionais acreditam ser possível tornar o nosso país na porta europeia para o espaço e há mesmo quem veja um enorme potencial para a indústria neste setor.

Mas como estarão as empresas de hardware espacial e os fabricantes aeronáuticos a reagir aos efeitos da pandemia que causaram um autêntico shutdown na aviação civil? Nesta JE editors Talks tentaremos perceber como está o setor aeroespecial a reerguer-se no nosso país e quais os seus planos de crescimento para o futuro. Esta iniciativa conta com a participação da Lauak, da Lusospace e com Paulo Chaves, vice-presidente da AED Cluster Portugal como convidado especial.

Poderá assistir à mesma em direto, esta sexta-feira, às 15h00 no Facebook e na JE TV do Jornal Económico.

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a Lauak e a Lusospace.

Recomendadas

A Mobilidade elétrica acelera a descarbonização das empresas

Na sua definição mais simples, descarbonizar significa “tirar carbono a”. E no caso da energia, significa que cada vez mais, queremos trocar as energias fósseis, que emitem gases de efeito estufa, por mais energias verdes, renováveis.

Euribor em máximos de uma década

O que pode fazer para cobrir a subida dos juros do seu empréstimo à habitação?

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.
Comentários