Associação da hotelaria apresenta primeiro estudo sobre alojamento local no Algarve

A apresentação vai ter lugar, a partir das 14h30m, no Auditório Municipal de Albufeira, num evento que vai contar com a presença de Adolfo Mesquita Nunes, ex-secretário de Estado do Turismo; Ana Jacinto, da AHRESP, e Hélia Gonçalves Pereira, do ISCTE.

A AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares vai apresentar hoje, dia 5 de dezembro, os resultados do primeiro estudo sobre o impacto económico e a caracterização dos alojamentos, proprietários e hóspedes do segmento do alojamento local (AL) do Algarve.

A apresentação vai ter lugar, a partir das 14h30m, no Auditório Municipal de Albufeira, num evento que vai contar com a presença de Adolfo Mesquita Nunes, ex-secretário de Estado do Turismo; Ana Jacinto, da AHRESP, e Hélia Gonçalves Pereira, do ISCTE.

“Quais os serviços que os gestores de AL no Algarve sentem mais falta? Quais são as maiores dúvidas de gestores de AL? O que valorizam os hóspedes no AL? Quantos empregos diretos, indiretos e induzidos dependem do AL no Algarve?”, são algumas das questões incluídas neste estudo encomendado pela AHRESP.

“Estas são algumas das muitas perguntas que vão ser respondidas  na apresentação do estudo promovido pela AHRESP, no âmbito do seu programa ‘Quality – Valorização e Qualificação do Alojamento Local'”, assegura um comunicado da AHRESP.

Este estudo foi realizado pelo Marketing FutureCast Lab do ISCTE e divide-se em dois grandes temas: o impacto económico do AL no Algarve e a caracterização dos alojamentos, dos proprietários e dos hóspedes de AL no Algarve.

 

Recomendadas

Metade do tráfego aéreo nacional está fora de Lisboa, lembra Secretária de Estado do Turismo

A secretária de Estado do Turismo pediu aos empresários que não baixem braços enquanto continua a discussão em torno do novo aeroporto para a capital, elogiando ainda o trabalho de angariação de rotas que foi feito durante a pandemia pelo Turismo de Portugal.

Sector turístico foi alvo de 4.000 reclamações desde o início do ano

Os consumidores queixam-se principalmente das companhias aéreas e dos sites de reserva de viagens. A eDreams, a TAP e o Booking estão no pódio das entidades com mais reclamações.

Alojamento Local. Verão deste ano com 15 vezes mais reservas na GuestReady do que em 2019 (com áudio)

Este ano, durante os meses de verão – junho, julho e agosto – a ocupação foi em média 15% superior ao verão de 2019 e atingiu números recorde: em Portugal a ocupação média ao longo do verão foi de 90%, ultrapassando a média global da GuestReady.
Comentários