Associação das agências de comunicação portuguesas tem mais cinco associados

Consultoras All Comunicação, Canela, Comunicatorium, Eupportunity e The Square são os mais recentes membros da APECOM, fundada em 1989 para criar sinergias dentro do sector e dignificar e afirmar a atividade destes profissionais.

A APECOM – Associação Portuguesa de Comunicação e Relações Públicas anunciou esta terça-feira que tem cinco novos associados, que se juntaram à estrutura defensora dos interesses do sector da comunicação entre agosto de 2021 e maio deste ano.

As novas adesões são as consultoras All Comunicação, representada na associação por José Aguiar, Canela, representada por Catarina Oliveira, Comunicatorium, representada por Luís Roberto, Eupportunity, representada por Henrique Burnay, e The Square, representada por Sara Proença.

A APECOM considera que este grupo de empresas – que tanto fazem comunicação institucional e gestão de crise como comunicação de consumo, ativação de marca e comunicação digital – vem ainda “reforçar a família de consultoras de comunicação” e fortalecer a estratégia da direção em torno de “uma maior integração de empresas e disciplinas no seio” da associação, que se encontra num ano de reposicionamento.

“Este é um reforço que tem uma importância crucial num primeiro ano de mandato marcado essencialmente pelo esforço de reposicionamento da associação. Pretendemos tornar a APECOM mais inclusiva e mais focada nas necessidades essenciais das empresas cujos interesses defendemos. Para o efeito, temos estado a empreender um conjunto de estudos e inquéritos que nos permitam aprofundar a nossa realidade”, afirma a presidente da APECOM, Domingas Carvalhosa, esperançosa de que mais empresas se associem a esta entidade.

Fundada em 1989, a APECOM pretende promover o intercâmbio de novos conhecimentos dentro do sector da comunicação em Portugal, dignificar as consultoras e agências e afirmar a sua atividade, a nível nacional e internacional, junto de todas as entidades públicas e privadas em geral e da opinião pública em particular.

“Metemos mãos à obra para dar continuidade ao excelente trabalho que vinha a ser feito pela direção anterior e sabemos que temos ainda um longo caminho pela frente”, diz ainda Domingas Carvalhosa, que é CEO e sócia da Wisdom Consulting e está no seu primeiro mandato à frente da APECOM.

Recomendadas

Afinal, que soluções existem para as empresas?

O Banco Português de Fomento lançou no início do ano os dois primeiros programas para apoiar a solvabilidade do tecido empresarial português. A banca está focada em aconselhar e montar as operações.

Presidente da Ryanair antecipa subida de preços nas ‘low-cost’

Michael O’Leary diz que o preço médio por bilhete deverá subir entre 10 a 20 euros nas viagens low-cost, que estão a tornar-se, segundo o mesmo, “demasiado baratas”.

Candidaturas selecionadas para o Consolidar conhecidas em julho

Os programas Recapitalização Estratégica e Consolidar têm gerado grande interesse, diz a presidente da comissão executiva do Banco Português de Fomento, Beatriz Freitas, ao Jornal Económico.
Comentários