Associação de Indústria e Comércio do Porto Santo apela a maior cooperação entre entidades locais

A associação pretende desenvolver várias iniciativas onde se inclui feiras de produtos agrícolas locais em parceria com a APIPS, protocolos com diversas entidades em benefício dos empresários e das suas famílias, para além do micro crédito já realizado com uma entidade bancária.

A Associação de Indústria, Comércio e Turismo do Porto Santo (AICTPS) apelou a uma maior cooperação entre todas as entidades e associações locais, no sentido de serem criados projetos e sinergias para o desenvolvimento local.

O presidente da AICTPS, Miguel Velosa, disse que a associação está empenhada e a trabalhar na elaboração de um projeto para a formação profissional, “uma das grandes lacunas, não só regional mas como também a nível nacional, sendo uma forma de combate ao desemprego, à diminuição de residentes e por fim atingir um serviço de qualidade que prestigie cada vez mais a ilha como destino turístico”.

Miguel Velosa destacou a importância do associativismo não só a nível empresarial mas também a nível cultural, social e desportiva, “onde a população deve estar ainda mais envolvida e participante nas ações e decisões que venham a ser concretizadas”.

O presidente da AICTPS destacou o trabalho que tem sido efetuado pela associação, referindo-se a iniciativas como os Festivais Gastronómicos de São João e de Caça e Pesca, que considera serem “um exemplo de sucesso na divulgação dos costumes e produtos locais, aclamado pelos comerciantes, população local e turistas que nos visitaram, sendo já um excelente cartaz de exposição no mercado regional e nacional”.

Para 2022 o presidente da AICTPS refere que estão previstas várias iniciativas onde se inclui feiras de produtos agrícolas locais em parceria com a APIPS, protocolos com diversas entidades em benefício dos empresários e das suas famílias, para além do micro crédito já realizado com uma entidade bancária.

“Em relação ao protocolo existente com a Biosphere Portugal, está em fase de estudo e elaboração um projeto na conservação de paisagens, ecossistemas e espécies, e o desenvolvimento sustentável a nível social, económico, cultural e ecológico, atuando como plataformas de investigação, monitorização, educação e sensibilização”, referiu Miguel Veloso.

Já o presidente da Assembleia Geral da AICTPS, José António Castro, prometeu criar um evento de cariz nacional e internacional, “que será o ressurgimento da Expo Porto Santo 2022, um excelente cartaz na divulgação e captação de mais investimento privado para a ilha, mas sempre à condição da evolução e controle da pandemia”.

Recomendadas

Câmara do Funchal distingue empresários da restauração e duas associações de táxis em comemoração do Dia Mundial do Turismo

Pedro Calado enalteceu “a qualidade e a excelência” dos serviços prestados pelo sector de táxis, sublinhando que estes profissionais são muitas vezes “os grandes embaixadores da Madeira” e os primeiros a terem o contacto direto com os turistas quando chegam à cidade .

Comercialização de banana na Madeira aumentou 17,3% face ao ano passado

Do número total de bananas comercializadas de janeiro a agosto deste ano, 84,7% foi expedida, tendo como principal destino o Continente. Este valor era de 84,0% em 2021.

Valor mediano de avaliação bancária de habitação na Madeira atingiu máximos em agosto

Em agosto deste ano, o valor mediano de avaliação bancária de habitação RAM ficou em 1.385 euros/m2, um aumento de 1% em relação ao mês anterior e de 11,3% face ao mesmo mês do ano anterior.
Comentários