Associação Portuguesa de Bancos lança Conta Base

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) revela que, na sequência de contactos com o Banco de Portugal, um conjunto de bancos seus associados, que representam uma parte muito significativa do mercado bancário de retalho, decidiu proceder ao lançamento de uma conta bancária, com características idênticas no que respeita aos serviços nela incluídos, denominada Conta Base. […]

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) revela que, na sequência de contactos com o Banco de Portugal, um conjunto de bancos seus associados, que representam uma parte muito significativa do mercado bancário de retalho, decidiu proceder ao lançamento de uma conta bancária, com características idênticas no que respeita aos serviços nela incluídos, denominada Conta Base.

Esta conta visa permitir que os consumidores de produtos bancários possam “efectuar as suas escolhas em condições de total transparência e fácil comparação de custos, ao mesmo tempo que dá resposta às necessidades fundamentais dos consumidores em matéria de serviços de pagamento, respeitando integralmente”, no entender da APB, os “princípios contidos na Carta Circular nº 24/2014/DSC, de 10 de Março”.

A Conta Base corresponde à oferta de um conjunto de serviços cuja remuneração é fixada livremente por cada instituição, em regime de mercado. Esta conta não vem substituir a Conta de Serviços Mínimos Bancários – uma conta com objectivos de inclusão social, já disponibilizada por um conjunto muito representativo de bancos portugueses.

Esta iniciativa fica, assim, aberta a todos os bancos que exercem actividade de retalho no mercado português, cabendo a cada instituição divulgar, pelos meios que entender mais adequados, a sua adesão à mesma e a respectiva data.

OJE

Recomendadas

IGCP realiza na quarta-feira leilões de dívida a três e nove anos de até 1.000 milhões de euros

O IGCP anunciou hoje que vai realizar em 12 de outubro dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a três e nove anos com montante indicativo entre 750 e 1.000 milhões de euros.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

Criação de empresas cresce 17% até ao final do terceiro trimestre

“Apesar deste crescimento, a evolução trimestral em 2022 tem registado um abrandamento consecutivo: no primeiro trimestre, o crescimento de novas empresas foi de 34%, caindo depois para os 9% no segundo e para os 7% no terceiro. Ainda assim, é expectável que o ano de 2022 termine com um número de constituições superior ao de 2021”, informa o comunicado.