Atenção: vem aí a nova nota de 20 euros

A nova nota de 20 euros entrará em circulação nos países da zona euro a 25 de novembro de 2015, de acordo com informação avançada pelo Banco Central Europeu (BCE). O Eurosistema prepara-se para enviar folhetos com a informação relativa à nova nota a mais de 2,8 milhões de estabelecimentos comerciais e pequenas empresas de […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A nova nota de 20 euros entrará em circulação nos países da zona euro a 25 de novembro de 2015, de acordo com informação avançada pelo Banco Central Europeu (BCE).

O Eurosistema prepara-se para enviar folhetos com a informação relativa à nova nota a mais de 2,8 milhões de estabelecimentos comerciais e pequenas empresas de todo os países da zona euro a partir desta quarta-feira

No folheto, são indicados os passos que devem ser seguidos de forma a adaptar os equipamentos à nova nota, assim como o calendário da sua entrada em circulação. Também é explicado como comprovar facilmente a autenticidade da nota de forma manual.

OJE

Recomendadas

Bruxelas quer que plataformas passem a cobrar IVA para evitar concorrência desleal

De acordo com as atuais regras de IVA, são os próprios prestadores de serviço – sejam motoristas ou donos de alojamento local – que são obrigados a coletar o IVA e a remiti-lo para as autoridades tributárias do seu país.

UE dá luz verde a entrada de Croácia no espaço Schengen

Com esta aprovação, pelos ministros dos Assuntos Internos da UE, seguindo a recomendação da Comissão Europeia de 16 de novembro, a Croácia deixará de ter fronteiras internas com os outros países do espaço Schengen.

Trabalhadores do MNE português no Brasil vão ter atualização salarial de 48,9%

Os trabalhadores nos postos consulares e missões diplomáticas no Brasil vão ter as suas remunerações atualizadas em 48,9%, a mesma percentagem da depreciação monetária acumulada do real, segundo legislação publicada em Diário da República.