Atropelamento em Melbourne: Polícia já identificou condutor da viatura

As autoridades indicam que o condutor da viatura se trata de um homem, de 32 anos, de descendência afegã, que não tinha ligações conhecidas ao terrorismo.

A polícia australiana já identificou o homem que esta quinta-feira abalroou uma multidão de peões em Melbourne, a segunda cidade mais populosa da Austrália. As autoridades indicam que o condutor da viatura se trata de um homem, de 32 anos, de descendência afegã, que não tinha ligações conhecidas ao terrorismo.

“Nesta fase, não temos qualquer prova ou qualquer informação que indique uma ligação ao terrorismo”, indica fonte da polícia local. O homem era, no entanto, conhecido das autoridades e consumia regulamente de estupefacientes.

As autoridades indicam que 19 pessoas terão ficado feridas depois da viatura ter entrado numa zona pedonal e investido contra os peões num bairro movimentado do centro de Melbourne. O condutor foi imediatamente detido, assim como o acompanhante, e permanece sob custódia da polícia.

Relacionadas

Atropelamento na Austrália foi “um ato deliberado”

A polícia de Melbourne não deu indicações sobre se o atropelamento está relacionado com terrorismo.
Recomendadas

Marcelo lembra que há vários focos de guerra e critica UE por ter estado em “autocontemplação”

O Presidente da República considerou hoje que a União Europeia esteve em “autocontemplação” e “continua a não saber encontrar maneira de se relacionar com África”, relembrando que, além da Ucrânia, há outros focos no mundo que ameaçam a paz.

Brittney Griner libertada pela Rússia em troca de prisioneiros com os EUA

A basquetebolista norte-americana estava presa desde agosto. Os norte-americanos soltaram o negociante de armas Viktor Bout, mais conhecido como “comerciante da morte”, que esteve preso nos EUA durante 12 anos.

Bruxelas quer que plataformas passem a cobrar IVA para evitar concorrência desleal

De acordo com as atuais regras de IVA, são os próprios prestadores de serviço – sejam motoristas ou donos de alojamento local – que são obrigados a coletar o IVA e a remiti-lo para as autoridades tributárias do seu país.
Comentários